Doutoramento em Medicina Tropical

Objetivos educativos

O Programa de Doutoramento em Medicina Tropical do IHMT visa facultar aos alunos:

conhecimento aprofundado e compreensão ampla dos principais problemas de saúde globais em regiões de recursos limitados e suas possíveis soluções, numa perspetiva interdisciplinar;

- aptidão para a compreensão elaborada do nexo de causalidade, patogenia, quadro clínico, diagnóstico, complicações, epidemiologia, gestão e controlo das principais doenças tropicais, integrando em profundidade esses conhecimentos científicos e técnicos;

- aptidão para a compreensão da saúde e da doença na perspetiva multidimensional, física, psicológica e social;

- entendimento da natureza atual da medicina, a qual exige a gestão da saúde a par da gestão da doença e, consequentemente, a compreensão da importância da prevenção da doença e da promoção de saúde;

- conhecimentos e competências em métodos de investigação aplicada à análise de problemas de saúde globais, incluindo métodos de investigação qualitativos e quantitativos;

- capacidade de planear, executar, interpretar e avaliar estudos experimentais em medicina tropical;

- capacidade de compreender e aplicar os princípios epidemiológicos, incluindo a seleção de desenhos de estudos apropriados e a aplicação e interpretação de testes estatísticos avançados;

- aptidão para o entendimento da relação entre as ciências básicas e a prática clínica e saúde pública, na perspetiva atual avançada de medicina baseada na ciência e de medicina translacional, no caso particular da medicina tropical;

- capacidade de avaliação crítica da evidência em saúde global e em investigação biomédica na área da Medicina tropical, com destaque para a literatura publicada;

- capacidade crítica das bases sócio-ecológicas da promoção da saúde, bem como experiência em decisão baseada na ética;

- aptidão para o ensino, avaliação e orientação de estudantes de licenciatura, mestrado e doutoramento, neste caso após experiência pós-doutoral;

- capacidade de comunicação verbal de conceitos e resultados científicos;

- capacidade de comunicação escrita, conforme exigido em vários deveres profissionais, incluindo preparação de manuscritos para publicação científica, revisão ou divulgação, elaboração de projetos para financiamento de investigação e respetivos relatórios, desenvolvimento de cursos introdutórios e avançados em disciplinas da sua especialidade;

- desenvolvimento de maturidade científica para avaliar o trabalho de pares em áreas afins;

- competências gerais e transversais, entre as quais: capacidade de aprender ao longo da vida; reconhecimento da importância da auto-avaliação permanente, desenvolvimento de atitudes de formação para a cidadania, domínio das tecnologias da informação, domínio de línguas estrangeiras, reconhecimento da importância do trabalho de equipa para o tratamento adequado do doente e outros casos de estudo.

Caracterização geral

Código DGES

5787

Ciclo

Doutoramento (3.º Ciclo)

Grau

Doutoramento

Acesso a outros cursos

O Doutoramento é a qualificação final

Coordenador

Jorge Seixas

Data de abertura

Outubro de 2020

Número de vagas

8

Propinas

2750 euros anuais

Horários

Horário a definir, variável de acordo com as UCs a frequentar pelos alunos

Idioma de ensino

Português

Requisitos para obtenção do grau ou diploma

Duração: 7 semestres letivos, sendo que do 2º ao 7º semestre corresponde à elaboração da Tese.

Créditos totais: 210 ECTS para a atribuição do grau de doutor (30 em unidades curriculares + 180 na elaboração da Tese).

Condições de acesso

Licenciados em Medicina, se pré-Bolonha, com grau de mestre em Medicina se possuidores de mestrado integrado ou qualquer um dos referidos se licenciatura efetuada no estrangeiro.

Regras de avaliação

Regulamento de Avaliação disponível em www.ihmt.unl.pt/servicos-academicos/.

Cada unidade curricular (UC) é avaliada de acordo com os critérios estabelecidos pelo Professor Responsável, que se encontram disponíveis na seção "Métodos de avaliação" no separador "Caracterização geral" de cada UC.

Ao grau académico de mestre é atribuído uma classificação final no intervalo de 10 -20 da escala numérica inteira de 0 a 20, bem como no seu equivalente na escala europeia de comparabilidade de classificações. O cálculo da classificação final é obtido por média aritmética ponderada pelo número de créditos.

Estrutura

1.º ano - 1.º semestre
Código Nome ECTS
5787028 Bioestatística 3
5787026 Projeto de tese 3,5
5787029 Seminários temáticos 10
5787027 Vertentes da investigação 3,5
2.º ao 7.º Semestre
Código Nome ECTS
5787098 Tese de Doutoramento em Medicina Tropical 180