Mestrado em Saúde Pública e Desenvolvimento

Objetivos educativos

O Mestrado em Saúde Pública e Desenvolvimento reflete a preocupação com os problemas de saúde, os sistemas de saúde e os contextos sociais dos países de rendimentos baixos e médios. Neste programa, a ênfase é colocada nos problemas da fase inicial da “transição em saúde”, nas implicações decorrentes das limitações de recursos e das fragilidades institucionais dos sistemas de saúde e dos índices de “Desenvolvimento Humano”.

As questões relacionadas com a governação, a consolidação da sociedade civil e os fenómenos migratórios são, também, analisadas bem como a sua reflexão em problemas como a exclusão social e as desigualdades sociais e em saúde.

Caracterização geral

Código DGES

827

Ciclo

Mestrado (2.º Ciclo)

Grau

Mestre

Acesso a outros cursos

Habilita à continuidade da formação, ao nível do 3º ciclo de estudos, em qualquer área da Saúde e Desenvolvimento.

Coordenador

Isabel Craveiro

Data de abertura

Outubro de 2020

Número de vagas

20

Propinas

3000 euros

Horários

6.ª Feira, das 9h00 às 18h00

Idioma de ensino

A disponibilizar brevemente

Requisitos para obtenção do grau ou diploma

Duração: 3 semestres letivos.

A componente curricular corresponde aos dois primeiros semestres.

O terceiro semestre diz respeito à componente não letiva de preparação e apresentação de uma dissertação original e exige, para sua frequência, aproveitamento em todas as unidades curriculares do 1.º e 2.º semestres.

Créditos totais: 93 ECTS para a atribuição do grau de mestre (60 em unidades curriculares + 33 na elaboração da dissertação).

Condições de acesso

Consultar o Regulamento do Curso disponível em www.ihmt.unl.pt/education/saude-publica-e-desenvolvimento/

Regras de avaliação

Regulamento de Avaliação disponível em www.ihmt.unl.pt/servicos-academicos/.

Cada unidade curricular (UC) é avaliada de acordo com os critérios estabelecidos pelo Professor Responsável, que se encontram disponíveis na seção "Métodos de avaliação" no separador "Caracterização geral" de cada UC.

1 — O resultado da avaliação é expresso na escala numérica de 0 a 20 valores.

2 — O aluno é considerado aprovado quando a classificação final é igual ou superior a 10 valores.

3 — A classificação da componente curricular do mestrado corresponde à média ponderada pelo número de ECTS das classificações finais obtidas pelo aluno em cada unidade curricular.

Estrutura

A disponibilizar brevemente