Desenvolvimento comunitário

Objectivos

A saúde das pessoas é uma das primeiras preocupações e requisitos do desenvolvimento comunitário (DC): porque as condições para uma vida saudável (tais como água potável) estão fora do controlo do indivíduo; é porque pessoas saudáveis são um pré-requisito para o desempenho adequado das tarefas do desenvolvimento. Os serviços de saúde comunitáriasão as instituições criadas para garantir a saúde da comunidade. O reforço da saúde comunitária depende da capacidade da população local para gerir o seu ecossistema. Por isso, o sucesso dos projetos de saúde comunitária depende da sua integração num plano de DC. Os objetivos de aprendizagem incluem:
1. Conhecer as principais perspetivas teóricas dos conceitos de Comunidade, Desenvolvimento e de DC.
2. Descrever os fundamentos conceptuais e metodológicos básicos dos Programas de DC (PDC).
3. Confrontar coma prática da Saúde Pública e dos Cuidados Saúde Primários Orientados para a Comunidade (CSPOC).
4. Adquirir competências na abordagem salutogénica.

Caracterização geral

Código

827013

Créditos

5

Professor responsável

Cátia Sá Guerreiro

Horas

Semanais - Se a UC for oferecida como opcional, o horário será disponibilizado no 2º semestre

Totais - 40

Idioma de ensino

Inglês e Português

Pré-requisitos

Não se aplica

Bibliografia

• Amaro RR. Desenvolvimento — um conceito ultrapassado ou em renovação? Da teoria à prática e da prática à teoria. Cad Estud Afr 2003; 35–70.
• Campfens H (editor). Community Development Around the World. Practice, theory, research, training. University of Toronto Press, Toronto, 2011.
• Carmo H. A actualidade do desenvolvimento comunitário como estratégia de intervenção social. Universidade Aberta, Centro de Estudos das Migrações e Relações Interculturais (CEMRI) e ISCSP/UTL. In Actas da 1ª conferência sobre desenvolvimento comunnitário e saúde mental, ISPA, 2001.
• DeSalvo KB. Public Health 3.0: A Call to Action for Public Health to Meet the Challenges of the 21st Century. Prev Chronic Dis; 14. Epub ahead of print 2017. DOI: 10.5888/pcd14.170017.
• Ferrinho H. Towards a theory of community development. Juta and Company Limited, Cape Town, 1981.
• Green GP and Haines A. Asset building community development. Sage Publications, Inc, United States of America, 2012.
• Michailof S, Bonnel A. A nossa casa arde a sul. Para que serve a ajuda ao desenvolvimento? Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, 2012.
• Minkler M. Community organizing and community building for health and welfare. Rutgers University Press, United States of America, 2012.
• Murphy FG. Community engagement, organization and development for public health practice. Springer Publishing company, New York, 2013.
• Silva MM da. Oportunidade do Desenvolvimento Comunitário em Portugal. Análise Soc 1964; 498–510.
• Tuchinsky TH, Varavikova EA. What is the “New Public Health”? Public Health Reviews 2010; 32: 25-33.

Método de ensino

Na introdução, propõe-se para esta UC o recurso à combinação de sessões teórico e teórico-práticas, recorrendo à experiência dos estudantes e docentes e à discussão crítica de estudos de casos.
No estágio o estudante será apoiado pelo docente da UC e por um agente local de apoio ao desenvolvimento que será o seu tutor. É esperada a elaboração de relatórios e aprendizagem através do trabalho autónomo dos estudantes na comunidade. Os estudantes reunir-se-ão regularmente com os colegas de outros campos de estágios para partilha de experiências e aprendizagens.

Método de avaliação

A avaliação da aprendizagem será realizada através da apresentação e discussão do trabalho desenvolvido durante o estágio na comunidade e de uma avaliação contínua por parte do tutor.

Conteúdo

Os conteúdos programáticos estão divididos em dois: um introdutório, teórico-prático (1 ECTS) e outro de um projecto comunitário. A introdução teórico-prática incide sobre:
I. Conceitos de comunidade, e de Desenvolvimento, de Desenvolvimento Comunitário, de Saúde Pública, de Cuidados de Saúde Primários e de CSPOC.
II. Conceito de salutogénese e de ganhos em saúde.
III. Abordagens ao DC em diversos países do Mundo.
IV. Metodologia de ação em PDC e em programas de Saúde Pública e de CSPOC.
V. Estratégias de intervenção de salutogénese para ganhos em saúde em PDC.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: