Seminário em Epidemiologia

Objectivos

No final os discentes deverão ser capazes de:

− Descrever as finalidades e principais utilizações dos métodos epidemiológicos;

− Descrever os principais tipos de estudos epidemiológicos, as condições para a sua aplicação e fragilidades;

− Conhecer os princípios da análise espacial de dados de saúde;

− Conhecer os princípios da amostragem de populações para uso em epidemiologia;

− Saber definir, calcular e interpretar as principais medidas epidemiológicas de frequência, associação e impacte;

− Definir o conceito de risco, as suas principais variantes e ser capaz de interpretar o seu significado;

− Saber definir o conceito de rastreio, descrever as condições para a sua aplicação e as medidas de validade associadas;

− Descrever os conceitos e aplicações dos conceitos de viés e confundimento e a sua utilização no âmbito do desenho, análise e interpretação e estudos epidemiológicos, assim como na discussão sobre causalidade;

Caracterização geral

Código

9277

Créditos

12.0

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

– Beaglehole, R.; Bonita, R.; Kjellstrom – Basic epidemiology – 2ª edition. World Health Organization, 2006.

– Last, J - Dicionário de Epidemiologia - tradução portuguesa. Portugal, Ministério da Saúde, Departamento de Estudos e Planeamento da Saúde, 1995.

– GORDIS, l.: Epidemiology. Baltimore, Elsevier Saunders, 2004.

– ROTHMAN, K.; GREENLAND, S.; LASH, T.L.: Modern Epidemiology 3rd ed. Philadelphia, PA. Lippincott Williams & Wilkins, 2008.

– Guião do protocolo de Investigação

Método de ensino

Este módulo tem fundamentalmente uma vertente teórico-prática, direccionada para os problemas de investigação de cada aluno. È baseado em: Aulas teóricas e teórico-práticas; Trabalhos individuais com apresentação e discussão em grupo; Estudos de casos.

A metodologia de ensino está fortemente direcionada para a aplicação e desenvolvimento de conceitos epidemiológicos. Espera-se que os alunos possam durante as próprias aulas desenvolver e aprofundar conceitos através dos exercícios que lhes serão propostos, mas também através de problemas que eles próprios irão colocar, relacionados com a sua investigação.

Método de avaliação

 Componente letiva (6 ECT):

– Assiduidade e participação: 20%

– 2 ensaios escritos (5 a 10 páginas cada) e apresentação oral: 30 %

– Apreciação crítica de um artigo de investigação epidemiológica (15 a 20 paginas): 50 %

Elaboração do Protocolo de Investigação (6 ECT)

Conteúdo

− Introdução à história, princípios e métodos epidemiológicos.

− Tipos de estudo epidemiológico: desenho, análise e interpretação;

− Medidas epidemiológicas de frequência, associação e impacte: definição, cálculo e interpretação: O caso específico dos indicadores de saúde e do risco epidemiológico

− Aspectos teóricos e práticos de rastreios; medidas de validade e testes de rastreio;

− Análise espacial em saúde pública;

− Teoria e práctica da amostragem;

− Apreciação crítica de estudos epidemiológicos.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: