Seminário em Política, Gestão e Administração da Saúde

Objectivos

A unidade curricular visa introduzir conceitos e abordagens sobre Política, Gestão e Administração das Organizações de Saúde, conjugando estes aspectos conceptuais com a preparação de um protocolo de investigação. Mais concretamente pretende contribuir para que os doutorandos sejam capazes de:

– Identificar e analisar criticamente os modelos e práticas subjacentes às políticas indutoras de acessibilidade, adequação dos cuidados, satisfação das necessidades em saúde, efectividade e eficiência em saúde, tendo em vista a optimização dos resultados em saúde e do valor criado;

– Utilizar a análise estratégica, o planeamento de intervenções e a evidência científica para optimizar a função utilidade no sector da saúde;

– Utilizar metodologias e instrumentos cientificamente adequados para a avaliação da Política de Saúde e da Gestão das Organizações de Saúde;

– Identificar os conceitos de Política, Gestão e Administração das Organizações de Saúde pertinentes para os projectos de investigação de cada aluno, para serem aplicados na preparação do seu protocolo de proposta de tese, utilizando as boas práticas para a sua concretização.

Caracterização geral

Código

9282

Créditos

12.0

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 62

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Frequência do Programa de Doutoramento em Saúde Pública

Bibliografia

– Walt, G et al. “Doing” health policy analysis: methodological and conceptual reflections and changes. Health Policy and Planning. 2008, 23, 308-317.

– Hornbrook MC. Hospital Case Mix: Its Definition Measurement and Use. Part I: The Conceptual Framework. Med Care Rev. 1982; 39(1):1-43. Part II. Review of Alternative Measures. Med Care Rev. 1982; 39(2):73-123.

– Miller H. From Volume To Value: Better Ways To Pay For Health Care. Health Affairs. 2009, 28 (5):1418-1428

– Griffith JR, Alexander JA e Jelinek RC, 2000. Measuring Comparative Hospital Performance. Journal of Healthcare Management, 47 (1), 41-56.

– Comissão Científica do Programa de Doutoramento: Guião do protocolo de tese de doutoramento, 2014

Método de ensino

– Aulas teóricas e aulas teórico-práticas

– Apresentações individuais e discussão em sessões do Seminário

Em geral:

a) Formação teórica específica no domínio da especialidade, englobando sessões de ensino em grupo (teóricas e teórico-práticas) e ensino tutorial;

b) A preparação pelo aluno da proposta de tese contendo uma fundamentação teórica da sua pertinência, revisão da literatura principal e metodologia do trabalho a desenvolver, incluindo as e respectivas IGNOREes de dados.

Método de avaliação

Na componente de formação teórica específica (6 ECTS): assiduidade e participação nas aulas (20%) e apresentação e discussão de um projecto de protocolo da tese, em função dos conhecimentos e das competências previstos nos objectivos educacionais, tendo como ponto de partida as preferências dos alunos sobre a investigação que irão realizar: 80%.

- Na componente relativa à elaboração do protocolo de tese de doutoramento (6ECTS): Apresentação do protocolo perante um júri composto pelo Coordenador do Seminário da Especialidade, pelo tutor e por um membro da comissão científica do programa de doutoramento. Para ser admitido à fase de tese o discente deve ter nesta componente uma classificação mínima de 14 valores.

Conteúdo

– Política de Saúde, Gestão de Organizações de Saúde e Gestão Estratégica

– Produção, Financiamento e Desempenho das Organizações de Saúde

– Organização e Gestão do Sistema e das Organizações de Saúde

– Necessidades e Valor em Saúde

– Metodologias para a realização de protocolos de investigação: aspectos teóricos e questões práticas

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: