Família, Saúde e Doença: a repetição nas Famílias

Objetivos

A unidade curricular (UC) tem como objetivos gerais:
• Compreender a importância da abordagem holística em Medicina, com ênfase na família e, particularmente, no fenómeno de transmissão transgeracional de comportamentos e padrões de interação;
• Descrever o contexto social e a organização dos Cuidados de Saúde Primários em Portugal;
• Realizar entrevistas com foco sistémico a utentes de unidades de Cuidados de Saúde Primários, em contexto de trabalhos de campo.

Caracterização geral

Código

11111

Créditos

3

Professor responsável

Prof.ª Doutora Teresa Ventura

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

 

Bibliografia

McWhinney IR, Freeman T. Textbook of Family Medicine .New York: Oxford University Press; 2009.

Alarcão M. (Des)Equilíbrios Familiares. Coimbra: Quarteto; 2006.

Rebelo L. Genograma familiar: o bisturi do médico de família. Revista Portuguesa de Clínica Geral 2007;309-17. Disponível em: http://old.apmgf.pt/PageGen.aspx?WMCM_PaginaId=33568&artId=127

Ogden J. Psicologia da Saúde. Lisboa: Climepsi Editores; 2004.

Nunes J. Comunicação em Contexto Clínico. Lisboa; 2010. Disponível em: http://www.mgfamiliar.net/livrocomunic.pdf

Método de ensino

Dado os constrangimentos colocados pela pandemia COVID-19, a unidade curricular funcionará em regime de aprendizagem mista, com um forte componente de aprendizagem à distância. Tentar-se-á manter que os trabalhos de campo decorram presencialmente, nas Unidades de Cuidados de Saúde Primários. Se a situação epidemiológica não o permitir, os trabalhos serão reformulados de modo a poderem ser realizados à distância, à semelhança do que aconteceu no ano letivo 2019-2020.

Na UC utilizaram-se as seguintes estratégias pedagógicas e métodos de ensino:

Aulas teóricas (plataforma zoom)
Observação de unidades de saúde de Cuidados de Saúde Primários (alternativa em contexto de pandemia: elaborar o genograma de uma pessoa do contexto social do aluno; trabalho individual ao invés de trabalho de grupo)
Entrevistas com doentes (alternativa em contexto de pandemia: entrevistas telefónicas ao invés de presenciais; trabalho individual ao invés de trabalho de grupo)
Discussões de grupo (plataforma zoom)
Reflexão crítica em relatórios dos trabalhos de campo.

Método de avaliação

A aprovação na UC implica a realização dos trabalhos de campo.
A avaliação assenta em duas componentes:

A. Componente 1 (corresponde a 75% da nota final)

A avaliação classificativa terá por base um portfólio elaborado por cada aluno, no final da unidade curricular, classificado de 0 a 20 valores.

O portfólio é constituído pelas seguintes partes:

A motivação para a escolha desta unidade curricular opcional e as expectativas que tinha no momento da opção;
Conceitos transmitidos nas aulas teóricas que considera que irão moldar o seu exercício (sete conceitos em sete frases, uma frase por conceito);
Trabalhos de campo realizados (relatório escrito de cada um deles);
Análise crítica do estágio (ganhos formativos, analisando-os em articulação com as expectativas iniciais; identiicação de diiculdades durante o processo de ensino/aprendizagem e sua resolução; comentários pertinentes para a avaliação do ensino).

O portfólio deverá ser enviado por via eletrónica, em formato PDF, para o Departamento de Medicina Geral e Familiar até às 24 horas do dia 13 de junho de 2021. O não cumprimento do prazo deinido poderá implicar a não aprovação na unidade curricular.

B. Componente 2 (corresponde a 25% da nota final)

Teste final, com 40 questões (20 questões de escolha múltipla e 20 questões abertas de resposta curta), classificado de 0 a 20 valores.
Datas:
Teste da primeira época: 25 de junho de 2021;
Teste da segunda época: 9 de julho de 2021;
Teste da época especial (alunos com estatutos especiais): 30 de julho de 2021.

Nos casos de pedidos de avaliação para melhoria da classificação, esta terá por base apenas uma prova oral e não será considerada a classificação do portfólio.

 

Conteúdo

A UC tem os seguintes conteúdos programáticos:

- Contexto social e de organização de cuidados. Cuidados de Saúde Primários em Portugal.
- Abordagem holística. Teoria geral dos sistemas.
- Conceitos de família e tipos de família.
- Genograma. Definição, construção, indicação e interpretação. Hereditariedade e transmissão de comportamentos.


- Transmissão familiar de conceitos e valor da saúde e da doença, crenças sobre saúde e doença, padrões de interação intra e extrafamiliares, padrão de utilização dos serviços pelos membros da família. Narrativas familiares. Suporte social.
- Revoluções na saúde. Comportamentos de doença. Educação para a saúde. Teorias enquadradoras das atividades de educação para a saúde. Princípios das intervenções motivacionais. Princípios enquadradores de uma alimentação saudável. Fatores psicossociais condicionantes do padrão alimentar. Inquéritos sobre os hábitos alimentares no sujeito entrevistado e na sua família. Doenças relacionadas com alimentação.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: