Espanhol B1.1

Objectivos

Alcançar os fundamentos do nível B1 do QECR para as línguas.
1. Recolher as ideias principais e localizar alguns detalhes específicos em
textos variados sobre temas diversos.
2. Escrever textos simples e bem estructurados sobre temas correntes ou de
interesse pessoal, profissional ou académico.
3. Trocar e comprovar informação, opiniões e argumentos de forma simples e
coerente. Expressar sentimentos, crenças, mostrando concordância e
contradição em conversações parcialmente improvisadas.
4. Tomar consciência dos próprios erros e dos erros mais persistentes, e das
diferenças entre ambas línguas.
5. Adquirir conhecimentos sobre as realidades histórica, política e linguística de
Espanha e de Latinoamérica.
6. Ser capaz de relacionar a cultura de origem com as culturas dos países de
língua espanhola, desenvolvendo uma actitude de abertura e curiosidade perante a diversidade cultural.
7. Orientar a aprendizagem para a área das Línguas, Literaturas e Culturas e
da Tradução.

Caracterização geral

Código

711111116

Créditos

6.0

Professor responsável

Armando Trinidad Aguilar de Leon, Maria Nieves Lagunas Vila

Horas

Semanais - 4

Totais - 168

Idioma de ensino

Espanhol

Pré-requisitos

Ter completado os níveis anteriores (A1 e A2).

Bibliografia

1. AAVV, (2017). Bitácora 3. Nueva edición (Español B1). Barcelona: Difusión.
2. Alonso Raya, R. et al (2013). Gramática básica del estudiante de español
(A1-B1). Edición revisada y ampliada. Barcelona: Difusión.
3. Diccionario on line de la Real Academia Española de la Lengua:
http://www.rae.es/recursos/diccionarios/drae
4. Chamorro,C., Martínez, M., Murillo, N. & Sáenz, A. (2010). Todas las voces
(B1) Barcelona: Difusión.
5. Esquível, L. (2003). Como agua para el chocolate. Barcelona: Debolsillo.

Método de ensino

Actividades indutivas e dedutivas, formais e comunicativas, centradas numa ou
várias actividades da língua (expressão, compreensão, interacção e mediação),
tendo sempre em conta as necessidades dos alunos, favorecendo a integração
de competências, a reflexão intercultural, a aprendizagem autónoma e o uso
dos recursos digitais.
Regime de avaliação continua. Duas provas individuais escritas e presenciais;
apresentações orais e trabalhos escritos. Será avaliada a competência
comunicativa do utilizador, a correcção formal e a adequação, o uso de
estratégias de aprendizagem, os conhecimentos sobre aspectos socioculturais
do âmbito hispânico e a capacidade de reflexão crítica cultural.

Assiduidade mínima de 70%, excepto trabalhadores-estudantes.

Método de avaliação

-Expressão oral e interação oral na aula (20%). -Composições escritas (20%)(40%), -Frequência: teste de conteúdos linguísticos, pragmáticos e culturais (40%).(40%), -Prova de leitura: comentário de uma leitura extensiva(20%)

Conteúdo

1. A expressão de informação, opiniões, sentimentos e argumentos de forma
simples e coerente, abarcando temas como a memória pessoal e histórica, a
cidade, as mudanças sociais, o conceito do tempo e o lazer.
2. Relação de informações através da expressão de causas, condições e
finalidade.
3. A narração de experiências em passado. Consolidação da forma, uso e
contraste dos passados do indicativo (Pretérito perfecto, pretérito indefinido,
pretérito imperfecto e pretérito pluscuamperfecto).
4. O futuro, o condicional e o estilo indirecto.
5. Revisão das formas de tratamento em Espanhol.
6. Ampliação do vocabulário relacionado com temas quotidianos de âmbito
privado e público.
7. Aspectos contrastivos da língua espanhola e portuguesa.
8. Saberes, comportamentos, referentes culturais e convenções socioculturais
do mundo hispano.
9. Desenvolvimento de saberes e habilidades interculturais.
10. Temas de actualidade: relação entre o mundo hispano e a comunidade de
origem.