História da Língua Portuguesa

Objectivos

a) Identificar caraterísticas específicas do português relacionando-as com o seu percurso histórico.
b) Caraterizar o português, em função de alguns dos seus traços diferenciadores, contrastivamente com outros sistemas românicos.
c) Descrever as principais mudanças linguísticas determinantes para a diferenciação do português no contexto geral românico e, dentro deste, no contexto hispânico.
d) Relacionar as principais mudanças ocorridas na história da língua com diferentes tipos de fatores condicionantes.
e) Adquirir competências básicas de análise de diferentes tipos de textos, relativos a diferentes períodos, com vista à sua exploração como fontes para a história da língua.
f) Relacionar aspetos da variação observável no português contemporâneo com o percurso histórico da língua.
g) Conhecer e apreciar criticamente algumas propostas interpretativas de aspetos da história da língua (periodização, relevância de fatores não linguísticos, entre outras).

Caracterização geral

Código

711131056

Créditos

6.0

Professor responsável

Maria Teresa Leitão Brocardo

Horas

Semanais - 4

Totais - 168

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

Alkire, T. and C. Rosen. 2010. Romance languages. A historical introduction.
Cambridge: CUP.
Brocardo, M. T. 2014. Tópicos de história da língua portuguesa. Lisboa: Colibri.
Brocardo, M. T. and C. R. S. Lopes. 2016. History and Current Setting. In W. L.
Wetzels, S. Menuzzi and J. Costa (eds.) The Handbook of Portuguese Linguistics.
Malden / Oxford: Wiley Blackwell, pp. 1-14.
Herman, J. 2000. Vulgar Latin. University Park Pennsylvania: Pennsylvania
State Univ Press.
Martins, A. M. 2016. O português numa perspetiva diacrónica e comparativa. In
A. M. Martins e E. Carrilho (eds.) Manual de Linguística Portuguesa. Berlin: De
Gruyter, pp. 1-39.
Teyssier, Paul. 1982. História da Língua Portuguesa. Lisboa: Sá da Costa
Williams, E. B. 1975. Do latim ao português. Fonologia e morfologia históricas
da língua portuguesa. Tempo Brasileiro.

Método de ensino

As aulas combinam uma vertente mais expositiva / teórica e uma vertente prática, sendo a presença regular dos alunos aconselhada, bem como o desenvolvimento de trabalho autónomo.

Método de avaliação

Teste escrito(50%), Teste escrito(50%)

Conteúdo

i. A formação do português
As línguas românicas como continuação e divergência do latim. Mudanças panromânicas / diferenciadoras. Conservação vs. inovação na área primitiva do português.
ii. A passagem à escrita
A transição da escrita em latim para a escrita em português – comentário e análise de textos da documentação primitiva.
iii. O português da época medieval
Análise de textos da documentação remanescente dos sécs. XIII e XIV. Português antigo e médio - mudanças concluídas ou em expansão no século XV e questões de periodização.
iv. O português europeu a partir do século XVI
Os textos dos gramáticos dos séculos XVI e XVII como fontes para a história da língua. Inovações do português clássico e moderno.
v. Uma perspetiva histórica do português contemporâneo
Variação dialetal do português europeu - relação com mudanças ocorridas na história da língua. Traços de unidade / variação em diferentes contextos de uso. O português do Brasil - traços diferenciadores explicáveis diacronicame