Introdução à Psicologia e Pedagogia da Música

Objectivos

No final desta Unidade Curricular, o aluno deve ser capaz de:
a) Listar problemáticas no âmbito da Psicologia da Música;
b) Listar problemáticas no âmbito da Pedagogia Musical;
c) Relacionar práticas educativas com questões de investigação no âmbito da Psicologia da Música;
d) Reconhecer/Identificar diferentes modelos e técnicas de investigação na área da Psicologia e Pedagogia da Música;
e) Selecionar literatura de relevância na área da Psicologia e Pedagogia da Música para desenvolvimento escrito de um tópico da área;
f) Refletir sobre processos de meta-aprendizagem aplicados ao seu próprio desempenho como músico.

Caracterização geral

Código

711021085

Créditos

6.0

Professor responsável

Ana Isabel Lemos do Carmo Pereira

Horas

Semanais - 4

Totais - 168

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

Bluestine, E. (2000). The ways children learn music. Chicago: GIA Publications.
Deliège, I. & Sloboda, J. (Eds) (1996). Musical Beginnings: Origins and Development of Musical Competence. Oxford: Oxford University Press.
Fonterrada, M. (2005). De tramas e fios - um ensaio sobre educação. São Paulo: UNESP.
Hallam, S. (2006). Music Psychology in Education. London: Institute of Education, University of London.
Hallam, S., Cross, I., & Thaut, M. (2009). The Oxford Handbook of Music Psychology. Oxford: Oxford University Press.
Ilari, B., & Mateiro, T. (2010). Pedagogias em educação musical. Curitiba: IBPEX

Levitin, D. (2007). Uma Paixão Humana - O seu Cérebro e a Música. Lisboa: Ed. Bizâncio.
Malloch, S., & Trevarthen, C. (2008). Communicative musicality - exploring the basis for human companionship. Oxford: Oxford University Press.
Parncutt, R. & McPherson, G. (Eds.) (2002). The science and psychology of music performance: Creative strategies for teaching and learning. Oxford: Oxford University Press
Rodrigues, H., & Rodrigues, P. (2003). BebéBabá - Da musicalidade dos afetos à música com bebés. Porto: Campo das Letras.
Sacks, O. (2008). Musicofilia. Lisboa: Relógio D´Água.
Schafer, M. (1977). A afinação do Mundo. São Paulo: UNESP.
Sloboda, J. A. (2008). Exploring the Musical Mind: Cognition, Emotion, Ability, Function. Oxford: Oxford University Press.
Storr, A. (2007). La música y la mente. Barcelona: Paidós.
Publicações indicadas ao longo das aulas.

Método de ensino

É adotada uma metodologia de envolvimento ativo dos alunos baseada em exposições orais seguidas de debates, tomando como ponto de partida a conjunção de leitura de artigos científicos, capítulos de livros e/ou visionamento de filmes. Alguns destes debates contarão com a presença de alunos de doutoramento de Ciências Musicais na especialidade de Ensino e Psicologia da Música. 

Método de avaliação

Métodos de Avaliação - 1. Apresentação oral (individual)(35%), 2. Trabalho escrito sobre um tópico a definir (em grupo) (50%), 3. Participação no Fórum (individual) (15%)

Conteúdo

1. O que é a Psicologia da Música. Definição de campos de trabalho. O que é a Pedagogia Musical. Definição de campos de trabalho.
2. Psicologia da Música e Pedagogia Musical: diálogo entre disciplinas.
2.1. Escuta/perceção musical.
2.2. Interpretação/performance.
2.3. O desenvolvimento musical na infância.
2.4. Efeitos terapêuticos da música e musicoterapia.
2.5. Educação não formal: Música na(s) comunidade(s).

 

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: