Metodologia da História

Objectivos

1. Perceber a relevância do método de trabalho para o estudo da História;
2. Aprender a organizar um trabalho de investigação;
3. Reflectir sobre a importância das relações entre a História e outros saberes;
4. Adquirir noções e metodologias sobre a História do tempo presente, testemunhos orais e biografias.

 

Caracterização geral

Código

01101013

Créditos

6.0

Professor responsável

João Luís da Costa Campos Vieira Lisboa

Horas

Semanais - 4

Totais - 168

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não se aplica

Bibliografia

CEIA, C. (2012, 9ª ed) Normas para Apresentação de Trabalhos Científicos. Lisboa: Edit. Presença

HOBSBAWM, E., (1998) On History, Londres, Abacus, (trad. parcial 2010, Escritos sobre a História, Lisboa, Relógio d’Água).

HOWELL, M. E PREVENIER, W., (2001) From Reliable Sources. An Introduction to Historical Methods, Ithaca e Londres, Cornell University Press.

HUNT, L., (2015) Writing History in the Global Era, Nova Iorque e Londres, W.W. Norton e co.

LISBOA, J.L., (2018) Então, o quê? A História que (se) conta é problemática, Famalicão, Húmus, 2018.

MATTOSO, J. (1988). A Escrita da História. Teoria e Métodos. Lisboa: Edit. Estampa

RANCIÈRE, J. (2014). As palavras da História. Ensaio de poética do saber. Lisboa: Ed unipop

ROSAS, F. (2016). "História, (des)memória e hegemonia" in História e Memória,…Lisboa: Tinta-da-China, p. 41-81.

SAMARAN, C. (dir.), (1961) L’Histoire et ses méthodes, Paris, Gallimard..

Método de ensino

Ensino presencial.
40% de aulas teóricas e 60% de aulas práticas. As aulas práticas consistem em:
- Problematização de informação teórica, visitas de estudo a museus, bibliotecas e arquivos de diferente natureza.
- Reforça-se a importância de outras fontes que não as escritas, como a iconografia, objectos, artefactos arqueológicos, testemunhos orais, etc. Nas aulas teóricas procura-se, a partir de exemplos práticos, sensibilizar os alunos para a importância da Metodologia como garante do carácter científico do texto historiográfico.

 

Método de avaliação

Avaliação escrita presencial(30%), Fichas bibliográficas e fichas de leitura(40%), Reflexão sobre a fonte histórica e o trabalho do historiador(30%)

Conteúdo

1. Práticas e conceitos da História: uma introdução;
2. Questões de método. Noções gerais;
3. Os trabalhos científicos: planificação, estrutura, citações, bibliografia. Características de uma ficha de leitura, uma recensão, um ensaio, uma tese;
4. A heurística: condições e práticas da identificação e selecção das fontes;
5. As fontes e as formas de as tratar;
6. A crítica histórica. A crítica externa e a crítica interna;
7. A construção da narrativa: enredos, verdade e ficção;
8. Os testemunhos orais. A História do tempo presente. Abordagens de natureza biográfica.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: