Mestrado em Estudos Urbanos

Objetivos educativos

Pretende-se ainda que os alunos adquiram competências reflexivas e operativas aos seguintes níveis:

Capacidade de interpretar e utilizar conceitos e metodologias de análise sobre as novas dinâmicas de mudança socioeconómica e urbana e de problematizar a complexidade dos territórios urbanos da contemporaneidade;
Capacidade de construir projetos originais de pesquisa científica, bem como de criação e aplicação de instrumentos diversificados de intervenção nos contextos urbanos;
Capacidade de comunicar informação, perspetivas, problemas e soluções, tanto entre especialistas como face à diversidade de atores envolvidos;
Capacidade de desenhar e executar diagnósticos, planos e projetos de intervenção cientificamente informados e baseados numa abordagem multidisciplinar;
Capacidade de processar de forma crítica o conhecimento técnico-científico da área dos estudos urbanos, permitindo a transição para um 3º ciclo de estudos universitários e a formação continuada ao longo da vida.

Caracterização geral

Código DGES

9431

Ciclo

Mestrado (2.º Ciclo)

Grau

Mestre

Acesso a outros cursos

Acesso ao ciclo de estudos conducente ao grau de doutor. Sobre as condições específicas de acesso, consulte-se as normas regulamentares dos cursos de doutoramento da NOVA FCSH.

Coordenador

João Pedro Lopes de Oliveira Silva Nunes

Data de abertura

2021-09-20

Número de vagas

20

Propinas

1200 Euros/ano

Horários

Presencial Pós-Laboral

Idioma de ensino

Língua Portuguesa

Requisitos para obtenção do grau ou diploma

Duração: 2 anos/4 semestres
Total de créditos: 120 ECTS, repartidos entre 36 em unidades curriculares obrigatórias e 36 em optativas (6 em livres, 24 específicas e 6 TEP) e 48 na dissertação ou trabalho de projeto.
O grau de mestre corresponde ao nível 7 do QNQ/QEQ - Quadro Nacional de Qualificações/Quadro Europeu de Qualificações.

Competencias:

a) Capacidade de interpretar e utilizar conceitos e metodologias de análise sobre as novas dinâmicas de mudança socioeconómica e urbana e de problematizar a complexidade dos territórios urbanos da contemporaneidade;
b) Capacidade de construir projetos originais de pesquisa científica, bem como de criação e aplicação de instrumentos diversificados de intervenção nos contextos urbanos;
c) Capacidade de comunicar informação, perspetivas, problemas e soluções, tanto entre especialistas como face à diversidade de atores envolvidos;
d) Capacidade de desenhar e executar diagnósticos, planos e projetos de intervenção cientificamente informados e baseados numa abordagem multidisciplinar;
e) Capacidade de processar de forma crítica o conhecimento técnico-científico da área dos estudos urbanos, permitindo a transição para um 3º ciclo de estudos universitários e a formação continuada ao longo da vida.

Condições de acesso

As condições de acesso e ingresso no ciclo de estudos refletem as condições estabelecidas na legislação nacional, nomeadamente: -ser titular do grau de licenciado ou equivalente legal; -ser titular de um grau académico superior estrangeiro reconhecido pelo Conselho Científico da NOVA FCSH; -ser detentor de um currículo académico, científico ou profissional reconhecido pelo Conselho Científico da NOVA FCSH. Os candidatos são selecionados e seriados tendo em conta os critérios definidos anualmente no edital de candidatura.

Regras de avaliação

Ao diploma de pós-graduação é atribuída uma classificação final no intervalo de 10-20 de escala numérica inteira de 0 a 20, bem como o seu equivalente na escala europeia de comparabilidade de classificações. A classificação final do diploma de pós-graduação é a média, por crédito, das classificações obtidas nas unidades curriculares em que o aluno realizou os 60 créditos da componente curricular do mestrado. Ao grau de mestre é atribuída a classificação final no intervalo de 10-20 de escala numérica inteira de 0 a 20, bem como o seu equivalente na escala europeia de comparabilidade de classificações. A classificação final do grau de mestre será a média da classificação final da componente curricular do curso, com o peso de 40%, e da classificação atribuída à dissertação ou ao trabalho de projeto, com o peso de 60%.

Estrutura

Obrigatórias
Código Nome ECTS
722171252 Cidade, Migrações e Diversidade 6.0
722171251 Consumo, Cultura e Qualidade de Vida Urbana 6.0
722171249 Desenvolvimento Urbano e Politicas de Cidade 6.0
722171254 Dissertação em Estudos Urbanos 48.0
722171256 Estágio com Relatório em Estudos Urbanos 48.0
02105831 Laboratório em Estudos Urbanos 12.0
02105820 Metodologias em Estudos Urbanos 6.0
722171250 Tempos e Cidades 6.0
722171248 Teorias da Cidade e do Território 6.0
722171255 Trabalho de Projeto em Estudos Urbanos 48.0
Opções Condicionadas 1 - opcionais na área de Estudos Urbanos
Código Nome ECTS
Opções
723000009 Habitação e Modos de Habitar 6.0
02105814 Planeamento e Governação Urbana 6.0
Número de ECTS obrigatório: 12
Regra que permite inscrição em um máximo de 6 ECTS (Optativa Livre) que podem ser obtidos em unidades curriculares de nível pós-graduado do ISCTE-IUL, da NOVA FCSH, ou de outras instituições de Ensino Superior nacionais ou estrangeiras, mediante protocolo.