Especialização em Análise de Dados e Visualização da Informação

Objetivos educativos

O Curso de Especialização em Análise de Dados e Visualização da Informação está pedagogicamente desenhado para prover conhecimentos, capacidades e competências necessárias para desenvolver uma base sólida em campos que ganham cada vez mais relevância na investigação e no mercado de trabalho.
A especialização visa preparar os alunos para trabalhar em projetos complexos de análise de dados que exigem o desenvolvimento de interfaces visuais para a comunicar resultados.
As quatro unidades curriculares desta especialização permitem aos alunos a aquisição de competências gerais e específicas indispensáveis para o atual contexto laboral e científico:
• Conceitos básicos, operações, fórmulas, tabelas dinâmicas e cruzamento de dados em folhas de cálculo;
• Introdução a formatos e bases de dados: como ler, converter e utilizar arquivos em diferentes formatos, assim como a importância dos dados abertos;
• Competências em diferentes ferramentas para a análise de dados e a criação de gráficos, mapas e visualizações;
• Definições e conceitos de design e interação;
• A importância da codificação da informação.

Caracterização geral

Código DGES

ESP1

Ciclo

Cursos de pós-graduação

Grau

Pós-Graduado

Acesso a outros cursos

Não aplicável.

Coordenador

Paulo Nuno Gouveia Vicente

Data de abertura

2021-09-20

Número de vagas

25

Propinas

900 Euros/ano

Horários

Presencial Pós-Laboral

Idioma de ensino

Língua Portuguesa

Requisitos para obtenção do grau ou diploma

Créditos totais: 30 ECTS do programa de unidades curriculares obrigatórias.

(1 ECTS - European Credit Transfer System = 28 horas de trabalho).

Condições de acesso

As condições de acesso e ingresso no ciclo de estudos refletem as condições estabelecidas na legislação nacional, nomeadamente: - Ser titular do grau de licenciado (1º ciclo), ou equivalente legal; - Ser titular de um grau académico superior estrangeiro, que seja reconhecido pelo Conselho Científico (CC) da NOVA FCSH; - Ser detentor de um currículo académico, científico ou profissional, que seja reconhecido pelo Conselho Científico (CC) da NOVA FCSH. Os candidatos são selecionados e seriados tendo em conta os critérios definidos anualmente no edital de candidatura.

Regras de avaliação

Adota-se o regulamento de avaliação em vigor na instituição de acolhimento. Cada unidade curricular descreve detalhadamente os métodos de avaliação. 1) Para a frequência das unidades curriculares da pós-graduação não são exigidas precedências obrigatórias. 2) A avaliação de conhecimentos tem carácter individual e realizar-se-á no final do semestre letivo. Serão considerados, na avaliação de conhecimentos, provas finais escritas e/ou orais, trabalhos ou outros elementos de avaliação levados a efeito pelos alunos no âmbito das diferentes unidades curriculares em condições a definir pelos respectivos docentes. O resultado da avaliação será expresso na escala numérica de 0 a 20 valores. 3) Considera-se aprovado numa unidade curricular o aluno que obtenha a classificação final igual ou superior a 10 valores.