Prática de Ensino Supervisionada em Ensino da Geografia

Objectivos

a) Demonstrar sentido de responsabilidade deontológica, participando de forma rigorosa, crítica e atenta nas atividades do núcleo da Prática de Ensino Supervisionada, nas atividades escolares propostas e com todos os diferentes interlocutores.
b) Mobilizar e aplicar conhecimentos científicos, pedagógicos, e didáticos na planificação, gestão e avaliação de planos curriculares e nas atividades de complemento curricular específicas do ensino da Geografia.
c) Planificar respeitando o conhecimento científico, as orientações curriculares e a adequação aos estádios de desenvolvimento dos educandos.
d) Selecionar recursos diversificados, pertinentes e adequados, de forma gradualmente autónoma.
e) Promover o desenvolvimento de práticas pedagógico-didáticas motivadoras, conseguindo criar e explorar situações significativas.
f) Contribuir para a promoção de práticas valorizadoras e integradoras de diferentes saberes e culturas.

Caracterização geral

Código

722160082

Créditos

45.0

Professor responsável

José Afonso Teixeira

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 1260

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não tem

Bibliografia

BARCA, Isabel (Org.) (2011). Educação e consciência histórica na era da
globalização. Braga: Univ. Minho/IE.
Walkington,Helen;Hill, Jennifer; Dyer, Sarah (ed.)(2019) Handbook for Teaching
and Learning in Geography.Edward Elgar Publishing.
GÂMBOA, Rosário (2004). Educação, ética e democracia. A reconstrução da
modernidade em John Dewey. Lisboa: Edições ASA.
NÓVOA, António (2009). Professores. Imagens do futuro presente. Lisboa:
Educa.
NÓVOA, António; ALVIM, Yara (2020). Nothing is new, but everything has
changed: A viewpoint on the future school. Disponível em:
https://link.springer.com/content/pdf/10.1007/s11125-020-09487-w.pdf
PERRENOUD, Philippe (2002). Aprender a negociar a mudança em educação.
Novas estratégias de inovação. Lisboa: Edições ASA.SERPA, Margarida da
Silva Damião (2010). Compreender a avaliação. Fundamentos para Práticas
Educativas. Lisboa: Edições Colibri.

Método de ensino

Supervisão numa perspetiva prescritiva, colaborativa e reflexiva, conduzindo a uma reflexão sobre a atividade docente e sobre o desenvolvimento profissional e pessoal.

A avaliação é contínua nas modalidades de avaliação intermédia (formativa) e final (sumativa) respeitante a todo o trabalho desenvolvido no âmbito da PES.

No documento Despacho N. 19/2018, de 15 de maio, são descritas as Normas internas de funcionamento dos mestrados em ensino – formação inicial de professores.

Método de avaliação

Defesa pública do Relatório da PES(50%), PES (Estágio anual na escola cooperante)(50%)

Conteúdo

a) Observação e análise de contextos educativos.
b) Aplicação prática do currículo e programa de Geografia.
c) Planificação de aulas e unidades de ensino.
d) Lecionação de aulas e unidades didáticas.
e) A adaptação de abordagens de ensino de Geografia ao contexto educativo e necessidades individuais dos alunos.
f) Avaliação crítica, aplicação prática e desenvolvimento de materiais e recursos.
g) Planificação e implementação de atividades e projetos de integração escolar.
h) Avaliação contínua, incluindo modalidades de avaliação diagnóstica, formativa e sumativa.
i) Prática reflexiva e autoavaliação.
j) Trabalho em equipa, colaboração e networking.
k) Educação para a cidadania intercultural.
l) A ética da profissão docente.