Desenvolvimento da Linguagem nas Crianças

Objectivos

No final da UC, o aluno será capaz de:
(i) dominar conceitos e teorias centrais em aquisição de língua materna (L1) e de língua não materna (L2);
(ii) identificar diferenças e paralelismos entre aquisição de L1 por crianças e aquisição de L2 por crianças e adultos;
(iii) compreender os processos subjacentes à aquisição de L2, em geral, e à aquisição de L2 por crianças, em particular;
(iv) descrever aspetos essenciais do desenvolvimento do conhecimento lexical e gramatical em inglês L2;
(v) analisar produções de aprendentes de inglês e identificar possíveis explicações para os seus padrões de comportamento linguístico;
(vi) compreender o papel do ambiente linguístico (i.e., input, output, interação e ensino explícito) na aquisição de L2;
(vii) discutir e identificar as potenciais implicações da investigação em aquisição de L2 para o ensino do inglês.

 

 

Caracterização geral

Código

722131103

Créditos

10.0

Professor responsável

Ana Maria Lavadinho Madeira

Horas

Semanais - 3

Totais - 280

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

N.A.

Bibliografia

Ellis, R., e Shintani, N. (2014). Exploring language pedagogy through second language acquisition research. Oxon: Routledge.

Fromkin, V., Rodman, R., e Hyams, N. (2011). An introduction to language (9th ed.). Boston: Thomson Wadsworth.

Haznedar, B., e Gavruseva, E. (Eds.) (2008). Current trends in child second language acquisition: A generative perspective. Amesterdão: John Benjamins.

Herschensohn, J., e Young-Scholten, M. (Eds.) (2013). The Cambridge handbook of second language acquisition. Cambridge: Cambridge University Press.

Miller, D., Bayram, F., Rothman, J., e Serratrice, L. (Eds.) (2018). Bilingual cognition and language. The state of the science across its subfields. Amsterdão: John Benjamins.

Philp, J., Oliver, R., e Mackey, A. (Eds.) (2008). Second language acquisition and the younger learner: Child’s play? Amsterdão: John Benjamins.

Slabakova, R. (2016). Second language acquisition. Oxford / Nova Iorque: Oxford University Press.

Método de ensino

As aulas envolvem uma componente expositiva e uma componente prática. O trabalho prático inclui análise de dados linguísticos e discussão sobre os temas e textos em estudo e a sua relevância para o ensino do inglês (a crianças).

 

 

Método de avaliação

(i) pequenos trabalhos desenvolvidos ao longo do semestre(40%), (ii) um trabalho escrito final(60%)

Conteúdo

1. Conceitos introdutórios: linguagem, língua, gramática e competência linguística
2. Aquisição (monolingue e bilingue) de L1: uma introdução
3. Aquisição de L1 por crianças e aquisição de L2 por crianças e adultos: Principais diferenças e semelhanças
4. Teorias de aquisição de L2
5. A influência do conhecimento linguístico prévio e outros mecanismos internos ao aprendente
6. Aspetos do desenvolvimento do conhecimento lexical em inglês L2
7. Aspetos do desenvolvimento do conhecimento gramatical em inglês L2: fonologia, morfologia, sintaxe e interface sintaxe-discurso
8. Fatores individuais na aquisição de L2
9. Os papéis do input, do output e da interação na aquisição de L2
10. Ensino explícito da língua e aquisição de L2

 

 

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: