Radiação no Espaço

Objetivos

Esta é uma unidade curricular opcional do 4º e 5º ano que, suportando-se nos conhecimentos adquiridos em Mecânica, Termodinâmica, Eletromagnetismo, Física Atómica e Física Nuclear, introduz a área de astrofísica (estrelas, sua constituição, funcionamento e evolução), vento solar, emissões solares e raios cósmicos e a área de desafios da exploração espacial: efeitos biológicos da radiação no Homem e nos materiais; Técnicas de otimização da radiorresistência.

Caracterização geral

Código

12540

Créditos

3.0

Professor responsável

João Duarte Neves Cruz, Maria Adelaide de Almeida Pedro de Jesus

Horas

Semanais - 2

Totais - 2

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Mecânica, termodinâmica, eletromagnetismo, física atómica e física nuclear.

Bibliografia

- Sebenta da disciplina;

- artigos científicos.

Método de ensino

A disponibilizar brevemente

Método de avaliação

Artigo 1º – Modo de avaliação de conhecimentos

De acordo com as Regulamento de Avaliação da FCT, a avaliação em “Radiação no Espaço” enquadra-se no tipo Avaliação Contínua, com três elementos de avaliação: um teste (ou exame), uma apresentação com monografia e trabalhos para casa (TPC).

Artigo 2º – Teste/Exame (NT)

1. Para obter aprovação à unidade curricular, existe uma nota mínima igual a 9,5 valores no teste/exame (NT ³ 9,5 val.).

2. O teste é individual e incidirá sobre toda a matéria lecionada nas aulas até à aula anterior ao teste.
3. O teste é realizado sem consulta, mas terá um formulário incluído no enunciado do teste.
4. O teste realiza-se no horário das aulas, na sala onde normalmente decorrem as lições ou em sala previamente anunciada no CLIP. A inscrição via CLIP é automática.
5. Exame de recurso/época especial. A classificação do exame substitui a nota do teste no cálculo da nota final. 
6. Os estudantes só poderão ter consigo durante a prova de avaliação:
a. Esferográfica/caneta;
b. máquina de calcular não programável;
c. Documento de identificação com fotografia.
7. Durante a realização das provas não é permitida a utilização de telemóveis (os quais devem estar desligados e não podem estar sobre as mesas onde é realizada a prova). 
8. Não é permitido desagrafar as folhas dos cadernos com os enunciados e com as resoluções feitas pelos estudantes na prova.
9. A prova será anulada se não forem satisfeitos os nºs 6, 7 ou 8.
10. Os estudantes que cometam fraude numa prova de avaliação (Teste ou Exame) terão a referida prova anulada, estão automaticamente reprovados na unidade curricular no presente ano letivo.

Artigo 3º – Apresentação com monografia (NM)

  1. Apresentação em sala de aula de um tema proposto pelo docente.
  2. Realização de uma monografia de apoio ao tema abordado.

 

Artigo 4º – Trabalho para casa (NC)

  1. Resolução de problemas propostos pelo docente.

 

Artigo 5º – Classificação Final


1. A classificação final (CF) dos estudantes é o resultado das seguintes ponderações aproximado às unidades:
CF=NT*0.5+NM*0.4+0.1*NC.

2. Os estudantes que satisfaçam o nº 1 do Art. 2º, e que obtenham CF  maior ou igual a 9,5 valores, obtêm aprovação na unidade curricular.

Artigo 6º – Melhoria de Nota

1. Os estudantes que pretendam efetuar melhoria de nota devem cumprir, para esse efeito, as formalidades legais de inscrição.
2. Os estudantes que tenham obtido aprovação na Unidade Curricular no corrente ano letivo de 2021/2022, podem melhorar apenas a classificação da componente teste.
3. A nova classificação final é obtida seguindo o nº 1 do Artigo 5º, considerando a classificação do exame como a nova classificação NT.

Artigo 7º – Trabalhadores Estudantes

1. Os estudantes são considerados como detentores do estatuto de Trabalhador Estudante (TE) se constarem como tal nas pautas no CLIP.
2. Os estudantes devem, assim que possível, comunicar o seu estatuto ao docente responsável da unidade curricular.
3. Os estudantes detentores do estatuto de Trabalhador Estudante, tal como os restantes estudantes, têm que realizar as provas de avaliação segundo o calendário previamente tornado público.

Artigo 8º – Conduta na Sala de Aula (presencial e/ou à distância)

1. Para que todos beneficiem da experiência de aprendizagem é exigido aos estudantes que respeitem as seguintes regras de conduta na sala de aula:
a. Pontualidade: Os estudantes deverão estar presentes na sala à hora de começo da aula;
b. Preparação das aulas e participação nas discussões: A participação ativa exige que os estudantes preparem a matéria apresentada e discutida nas aulas, e que contribuam para as discussões;
c. Nas aulas presenciais os telemóveis devem permanecer desligados e guardados até ao fim da aula. Os estudantes que utilizem o telemóvel serão automaticamente convidados a sair da aula;
A utilização de computadores portáteis e outros aparelhos eletrónicos nas salas de aulas presenciais está sujeita à aprovação dos docentes.

Artigo 9º – Outros

Os estudantes quando contactarem os docentes através de mensagem eletrónica (email) devem indicar no “Assunto (Subject)” a seguinte informação: “RE - Nome – Nº de estudante – Assunto”. Não serão respondidas mensagens eletrónicas com perguntas cuja resposta conste nos Artigos anteriores ou na página da unidade curricular no CLIP.

Conteúdo

1. Estrelas: formação, evolução e eventual colapso.

2. Vento solar, emissões solares e raios cósmicos galácticos.

3. Mecanismos de aceleração da radiação no espaço.

4. Desafios da exploração espacial: efeitos biológicos da radiação no Homem e nos materiais; Técnicas de otimização da radiorresistência.


5. Oportunidades de investigação na área: programa ESA-CORA-IBER (European Space Agency - Continously Open Research Announcement - Investigating the Biological Effects of Space Radiation).

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: