Análise de Estruturas II C

Objectivos

 O objectivo central da disciplina de Análise de Estruturas II C (AEIIC) é o de aliar o desenvolvimento da competência na aplicação dos métodos básicos de análise estrutural ao desenvolvimento da capacidade crítica do processo de cálculo através da compreensão da física que esse processo pretende simular (módulos 1 e 2). Pretende-se sensibilizar o estudante para os principais factores que condicionam o comportamento das estruturas, bem como para o papel da análise no contexto do projecto das estruturas (módulos 1 e 2).

Caracterização geral

Código

12167

Créditos

3.0

Professor responsável

Corneliu Cismasiu, Ildi Cismasiu

Horas

Semanais - 3

Totais - 56

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Ter obtido frequência em RM2 e AE1

Bibliografia

Cismasiu, I., Class notes - uploaded on the web

Castro, L., Modelação de lajes com elementos de grelha, IST, 2002.

Chopra, A., Dynamics of Structures: Theory and Applications to Earthquake Engineering, 3rd Edition, 2007

Método de ensino

As horas de contacto são teórico-práticas o que permite alternar os tópicos teóricos e práticos tendo em conta a complexidade dos conceitos teóricos e a necessidade de compreensão por parte dos alunos. Nas aulas procede-se à exposição da matéria recorrendo a datashow, à análise, exemplificação e discussão de problemas-tipo no enquadramento geral, seguido da resolução pelos alunos de problemas com ligação à conceitos teóricos. Os alunos são apoiados na resolução em grupo de um conjunto de problemas proposto e é estimulada à consulta bibliográfica e de elementos das apresentações disponíveis no sistema CLIP, contendo todos os aspetos da matéria e sua ilustração através de exemplos simples apropriados. A avaliação dos conhecimentos é feita por avaliação continua: através da realização de até três testes, um correspondente ao módulo 1 e dois ao módulo 2 da matéria e avaliação sumativa por realização de fichas individuais.

Método de avaliação

Métodos de avaliação (em construção)

(22/02/2022)

Os métodos de avaliação da disciplina estão de acordo com o Regulamento de Avaliação em vigor.

A avaliação de conhecimentos é feita por avaliação continua: através da realização de 2 testes e avaliação sumativa por realização de tarefas individuais, trabalhos e enviados dentro do prazo estipulado.

1. Avaliação teórico-prática:

Para a avaliação teórico-prática (presencial) a matéria da disciplina será dividida em duas partes.

  • Teste 1 (NT1 – 9 val) - (aprox. 1.5 horas): Lajes e Sistemas de 1GDL

  • Teste 2 (NT2 – 9 val) - (aprox. 1.5 horas): Sistemas de 2GDL

2. Avaliação sumativa:

A avaliação sumativa (AD) é constituída por realização de mini testes e resolução de problemas e enviados dentro do prazo estipulado. Os alunos poderão ser chamados a defender por exame oral (online ou presencial) as provas realizadas em AD.

AD = 0 - 20 valores

 

3. Trabalho Prático

Está previsto a realização de um (ou mais) trabalho(s) prático(s) relativo(s) ao(s) módulo 2. A nota de Trabalho prático (NT) é de 2.0 valores

3. Frequência

A frequência será obtida de acordo com o Artigo 6º do Regulamento de Avaliação. Para obter frequência é necessário a entrega de pelo menos 8 (oito) elementos AD dentro do prazo estipulado.

Dispensa da frequência será concedida nos casos especiais regulamentados (TE, AAC,DA, etc).

4. Época Normal

NE = NT1 + NT2 ≥ 7.5 (Classificação: de 0 a 20 valores)

5. Época de Recurso

Os alunos poderão optar por repetir apenas uma parte da matéria, NT1 ou NT2.

Exame de Recurso: NE ≥ 7.5 (Classificação: de 0 a 20 valores)

6. Classificação Final

Nota Final = 0.9*(NT1+NT2) +0.09*AD + NT, em que (NT1+NT2)>=7.5 valores

Os alunos que tiverem estatuto especial regulamentado (TE, AAC, DA, etc) deverão realizar (presencial ou online), numa data marcada, um teste para a obtenção da nota da componente sumativa AD.

Sempre que se justifica e no caso de classificações final superior a 16 valores para confirmação da nota os alunos poderão ter de efetuar uma prova oral (presencial ou online).

7. Observações

  • Para ter acesso a 2º Teste da Época Normal e Recurso é necessário a obtenção da frequência.

  • É necessário fazer a inscrição para os testes de avaliação contínua, caso contrário aplicam-se as regras do ponto 10. do Artigo 5º das regras de avaliação vigentes. 

  • Não serão corrigidos quaisquer exames ou trabalhos de alunos que não estejam inscritos na disciplina.

  • Nos testes da Época Normal e no exame da Época de Recurso é permitida apenas a consulta do formulário fornecido.

Na realização de qualquer prova, os Estudantes devem ainda ter em consideração o disposto no nº3 do artigo 10º do Regulamento de Avaliação da FCT NOVA: “Quando for comprovada a existência de fraude ou plágio, em qualquer dos elementos de avaliação de uma UC, os estudantes diretamente envolvidos são liminarmente reprovados na UC, (…).”

8. Datas de Avaliação (presencial)

Teste 1 – 

Teste 2 -

Conteúdo

1.Teoria de lajes:

Revisão de conceitos básicos da teoria elástica linear de lajes de finas (Kirchhoff)

Modelação de lajes com elementos de grelha,

2. Introdução a Dinâmica de Estruturas

Origem de cargas, massa e amortecimento estrutural

Revisão e aprofundamento do caso de 1 e de 2 GDL

História no tempo e resposta no domínio da frequência

Espectros de resposta. Eurocódigos relevantes

Sistemas de um grau de liberdade generalizado. Mètodo de Rayleigh

Análise modal de sistemas de 2 GDL

 

Análise e monitorização de vibrações em estruturas


Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: