Paleontologia de Vertebrados

Objetivos

Objectivos gerais:

Adquirir conhecimentos avançados de paleontologia e evolução de vertebrados, com destaque aos peixes, répteis, e mamíferos, nomeadamente através do desenvolvimento de competências transversais no âmbito de i) anatomia e osteologia, ii) classificação, sistemática e taxonomia, iii) processos e mecanismos de evolução.

Objectivos específicos:

- Adquirir conhecimento sobre origem e evolução dos principais grupos de vertebrados

- Discutir e aplicar os conceitos sobre paleontologia de vertebrados

- Conhecer os grupos de vertebrados mais comuns em Portugal: peixes, crocodilomorfos,

dinossauros e mamíferos.

Caracterização geral

Código

10934

Créditos

6.0

Professor responsável

Octávio João Madeira Mateus

Horas

Semanais - 3

Totais - 28

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Formação (UC) em biologia ou UC do semestre anterior

Bibliografia

M. Telles ANTUNES & A. C. BALBINO (2010) – “Fósseis de Portugal”/ PALEONTOLOGIA. Editora Interciência, Rio de Janeiro, 3ª Edição, vol. 1, Cap. 32, pp. 633-657.Editor: Ismar de Souza Carvalho). PALEONTOLOGIA. Ed. Interciência.

M. J. Benton. 2004 Vertebrate Palaeontology, 3d ed., Blackwell, Oxford.

Carroll, R. L. (1988). Vertebrate Paleontology and Evolution. New York: W. H. Freeman and Company. pp. 1–698. ISBN 0-7167-1822-7.

Nesbitt, S.J. 2011. The Early Evolution of Archosaurs: Relationships and the Origin of Major Clades. Bulletin of the American Museum of Natural History. 352:1-292.

M. J. Benton (ed.), The Phylogeny and Classification of the Tetrapods, vol.1: Amphibians, Reptiles and Birds, Clarendon Press, Oxford, 1988

Romer, A. S. (1956). Osteology of Reptiles. Chicago: University of Chicago Press. pp. 772. ISBN 089464985X.

Método de ensino

Aulas presenciais, práticas e teorico-práticas, com saídas de campo.

Método de avaliação

Avaliação na FCT

Exercícios nas aulas (todas as aulas podem ter tarefas curtas, como identificação óssea).
Ensaio científico (recomendado: até 5 páginas) em um estilo de artigo ou revisão científica, sobre um aspecto ou grupo da paleontologia de vertebrados. Novos dados e perspectivas não publicados são encorajados. Tema exato a ser discutido com o professor. Você pode usar como um começo antecipado para sua tese e aproveitar a preparação feita nas aulas anteriores. Mais apresentação (5 min) em sala de aula e revisão dos ensaios por pares.
Ficha do osso: crie uma página A4 que pode ser útil para a identificação de um determinado osso (1 página por osso. Exemplo: ulna, úmero, vértebra cervical). Deve conter: i) nome do osso, ii) imagem da visão diferente do osso com rótulos sinalizando a terminologia detalhada da topologia óssea (cristas, trocanteres, côndilos, etc.), iii) imagens desse osso em um actinopterígio, anfíbio, aves, répteis e mamíferos (se aplicável); iv) esquema da posição óssea no corpo.

Arquivo de fatos de clados: PowerPoint de 10 slides (= 10 clados) de dados de fatos de clados (lista e exemplo a seguir)
Relatório de visita de campo.
Avaliações de pares. A qualidade de sua avaliação por pares pode ser avaliada.

* Os dados de sua redação podem ser reaproveitados para subsidiar estudos e seu nome constará (nos agradecimentos ou autoria).

Conteúdo

Paleontologia de Vertebrados: Origem dos Vertebrados, evolução, sistemática e caracterização dos principais grupos. Agnatas e Peixes (Classe Placodermi, Classe Acanthodii, Classe Chondrichthyes); Tetrápodes e Anfibios; Repteis (i) Arcossauros - dinossauros, aves, crocodilos (ii) Mosassauros, (iii) Plesiossauros; Mamíferos; Primatas e Hominídeos.

Anatomia comparada: esqueleto, dentes, órgãos não esqueléticos.

Transição de ambientes, exemplos e principais adaptações: conquista do meio terrestre, adaptações aquáticas secundárias, origem do voo activo.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: