Indústrias Químicas e Biológicas

Objectivos

Conhecer as principais tecnologias usadas para fabricar produtos químicos. Estabelecer a articulação entre conhecimento cientifico e a industria quimica.

Conhecer as principais indústrias químicas e a lógica do respectivo programa de produção, incluindo empresas de projecto em engenharia química, IGNOREes de matéria prima, produção de energia, licenciamento da produção e das vendas e aspectos económicos.


 

Caracterização geral

Código

7502

Créditos

6.0

Professor responsável

Isabel Maria de Figueiredo Ligeiro da Fonseca

Horas

Semanais - 3

Totais - 66

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Conhecimento base de química inorgânica e química orgânica.

Conhecimento base de processos de separação.

Bibliografia

    1. Chemical Process Technology, Jacob.A. Moulijn, Michiel Makkee, Annelies E. Van Diepen, second edition, Wiley,2013

     

    1. Fundamentals of Petroleum Refining, Mohamed A.Fahim, Taher A.Al-Sahhaf, Amal, Elkila, Elsevier, 2010

     

    1. Handbook of Refining Petroleum Processes, Robert A Meyer,3rd Edition,2004

     

     

Método de ensino

Aulas teóricas práticas.Visitas de estudo a instalações industriais. Seminários.

 Durante a pandemia naõ  há visitas de estudo

Método de avaliação

Os alunos  terão  que  realizar um seminário  e  2 testes.  Realizar-se-ão   visitas  de estudo  à  Galp , Repsol , Hovione, Iberol  e Central de  Cervejas. Estas  visitas apenas  serão  realizadas  se  as empresas tiverem  disponibilidade para receber os alunos.

Durante a pandemia as visitas não se efectuam.

A nota final  é igual   0,70 nota  dos testes+0,30 nota seminário

A nota mínima  do   1º teste deverá ser 9,5 valores.

Conteúdo

Para os produtos químicos mais significativos, estudo dos seguintes aspectos:

 - Matérias primas

 - Reacções químicas e processos de separação usados

 - Processo de fabrico apresentado como diagrama de blocos segundo indicações dos principais licenciadores, sempre que disponível

 - Vantagem do processo em relação a processos concorrentes

 - Necessidade de reciclagens de matérias primas , recuperação de subprodutos, recuperação de energia,

 - Taxas de conversão,

 - Catalisadores disponíveis e sua reutilização,

 - Consumo de utilidades e indicação do valor do investimento, sempre que os licenciadores disponibilizem

 - Aplicações do produto

 - Referência a unidades de produção existentes em Portugal

 - Capacidades de produção típicas do produto

 - Valor do investimento, custos de produção,

 

Processos estudados

Refinação:Fontes de energia primárias.  Tipos de petróleo bruto e optimização da sua escolha, tipos de derivados primários do petróleo bruto e seus mercados, destilação atmosferica e em vácuo, dessulfuração por hidrogenação (UOP – Partial Conversion Unicracking, UOP – VGO Unionfining process, UOP – RCD Unionfining process) , Dessulfuração por extracção por solventes, Alquilação ( Chevron Texaco /UOP Alkad process, UOP alkylene process, UOP – Catalytic Condensation Process for Motor Fuel, UOP Catalytic Condensation Process for Higher Olefins, UOP – HF Alkylation Process, UOP – Indirect Alkylation Process for MTBE Complex Conversion) , Isomerização (UOP Butamer Process, Par Isom Process) , Saturação de Aromaticos , Fragmentação catalitica de hidrocarbonetos ( UOP – MSCC process, UOP – Partial Conversion Unicracking) , Fragmentação térmica de hidrocarbonetos pesados – Visbreaking ( Foster Wheeler Aquaconversion Process, Foster Wheeler Sydec Delayed Coking Process, UOP Hycycle Unicracking Process, Foster Wheeler Visbreaking Process), Reforming to p+roduce high octanbe gasoline , Recuperação de lubrificantes usados, Produção de energia com resíduos de refinação, Separação de asfaltos.

Petroquímica de Aromáticos: Produção de aromáticos por reforming de nafta, separação de aromáticos por extracção de reformado, separação de benzeno numa mistura de aromáticos, conversão de tolueno em benzeno, mistura de xilenos a partir de C9+ , separação de isómeros de xileno, etilbenzeno, estireno, cumeno, fenol, alquilbenzeno, anidrido ftálico, ácido tereftálico, dimetil tereftalato, nitrobenzenos, anilina, diisocianatos, ciclohexano, acido adipico, hexametileno diamina, caprolactama, bisfenol A

Petroquimica de Olefinas : etileno, propileno e butadieno  por cracking de nafta com vapor de água, extracção de butadieno, produção de isopreno e butadieno a partir dos alifaticos correspondentes, alfaolefinas lineares, óxido de etileno, etileno glicol, acrilonitrilo, acido acrílico

Petroquimica de Gás de síntese: amoníaco, metanol, formaldeído, metilaminas, oxosintese

Indústria de polimeros : Polietileno de alta e baixa densidade, Polipropileno, Poliestireno, Epoxi, Resinas alquidicas e de colofonio, emulsões vinilicas, Poliéster insaturados, Poliamidas, Poliéster, Poliacrilicas, Poliuretanos, Policarbonatos, Polietoxilados, Borracha de isopreno e de estireno butadieno

Silicatos: Cimento, vidro, cerâmica

Celulose

Outras industrias químicas: tensioactivos, corantes, farmaceuticos, agroquimicos, cosméticos, aditivos alimentares, adubos, produtos para fotografia e electrónica, colas e tintas, electrolise

Biorefinarias

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: