Aplicações em microbiologia médica

Objectivos

No âmbito desta Unidade Curricular, os estudantes deverão adquirir/desenvolveras seguintes competências:
1. Consolidação de conhecimentos sobre as diferentes áreas da Microbiologia Médica, nas suas vertentes aplicadas e de investigação.
2. Capacidade de aplicação de conhecimentos teóricos a situações concretas de abordagens laboratoriais nas áreas da Bacteriologia e Virologia Médicas.
3. Desenvolvimento de competências de execução laboratorial de diferentes métodos, moleculares e fenotípicos.
4. Aprofundamento da capacidade para analisar criticamente diferentes abordagens analíticas na área da Microbiologia Médica.

Caracterização geral

Código

5573045

Créditos

6

Professor responsável

Isabel Couto

Horas

Semanais - A definir após escolha da especialidade

Totais - 62

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não se aplica

Bibliografia

Artigos científicos de revisão e outros, a sugerir pelos docentes de acordo com os temas abordados.
• Patricia, M. Tille. (2013) Bailey and Scott's Diagnostic Microbiology. Elsevier, 13ª Ed.
• Madigan, M., Martinko, J., Bender, K., Buckley, D. and Stahl, D. (2015) Brock Biology of Microorganisms. Pearson Education Ltd, England, 14th Ed.
• Larry, S., Peters, J. E., Henkin, T. M. and Champness, W. (2013). Molecular Genetics of Bacteria. ASM Press, 4th Ed.
• Flint, S.J., Enquist, L.W., Racaniello, V.R., Skalka, A.M. (2009). Principles of Virology. ASM Press, Washington, DC, 3ª Ed. (2 vols.).
• Knipe, D.M. and Howley, P.M. (Ed). (2013) FIELDS Virology, 6th Ed. Lippincott Williams and Wilkins.
• Barroso, H., Meliço-Silvestre, A. and Taveira, N. (Eds). 2014. Microbiologia Médica. Lidel, Lisboa.

Método de ensino

A UC “Aplicações em Microbiologia Médica” é fundamentalmente experimental, baseando-se na rotação dos alunos entre diferentes laboratórios da UEI de Microbiologia Médica. No início da UC, cada aluno deverá escolher três laboratórios para fazer a sua rotação, permanecendo uma semana (20h) em cada laboratório, onde irá acompanhar e executar diferentes passos de trabalhos em curso (tipicamente, com uma introdução ao tema, execução de trabalho laboratorial e análise de dados).
No final das três rotações, o aluno deverá desenhar e apresentar, sob a forma de trabalho escrito, um protocolo experimental relacionado com o seu tema de tese ou em tema a definir. O protocolo (max. 15 páginas) deverá incluir introdução, descrição pormenorizada da componente experimental, justificação e análise crítica da abordagem escolhida e referências bibliográficas. O protocolo será avaliado pelo docente responsável da UC e por um docente da área específica.

Método de avaliação

Para a avaliação global da UC, contará a avaliação neste protocolo (55%), bem como a avaliação do desempenho do aluno nos 3 laboratórios onde trabalhou (15% cada), tendo em conta o trabalho realizado pelo aluno na preparação dos trabalhos práticos, a sua atenção e participação no trabalho laboratorial e a análise crítica do trabalho realizado e dos resultados obtidos.

Conteúdo

Rotação laboratorial entre equipas de investigação da UEI Microbiologia Médica, exemplificando diferentes aplicações e trabalhos, incluindo:
I. Deteção rápida e diagnóstico laboratorial de tuberculose.
II. Caracterização da resistência aos antimicrobianos em bactérias patogénicas.
III. A rotina no rastreio de infeções sexualmente transmissíveis.
IV. Leptospirose e Borreliose de Lyme – doenças emergentes.
V. Estudo de alterações de padrões de splicing de oncogenes celulares induzidas pelo vírus da Hepatite Delta (VHD).
VI. Diversidade genética e resistência aos anti-retrovirais no vírus da imunodeficiência humana tipo 1 (HIV-1).
VII. Deteção molecular e caracterização genética (por inferência filogenética) de genomas de flavivírus, flebovírus e circovírus em artrópodes hematófagos e/ou amostras humanas.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: