Avaliação em saúde

Objectivos

Esta unidade curricular visa promover a formação de pesquisadores/profissionais na investigação e avaliação das intervenções/program as de saúde que contribuam para a adoção de práticas mais ativas, críticas e reflexivas no âmbito de trabalho.No final desta unidade curricular os alunos devem ser capazes de:
1. Conhecer e adequar os tipos de avaliação e abordagens metodológicas em função da complexidade das intervenções e diversidade contextual.
2. Efectuar uma revisão sistemática da documentação do programa complementada pela literatura para modelar ações avaliadas.
3. Realizar técnicas de consenso na construção e validação de critérios e medidas.
4. Planear e executar projectos de avaliação institucionais ou comunitários.
5. Compreender, sistematizar, julgar e comunicar resultados de sua avaliação a diferentes audiências.
6. Adotar na prática profissional os padrões normativos e éticos que devem orientar as pesquisas avaliativas.
7. Facilitar/promover o uso da avaliação para a melhoria das intervenções.

Caracterização geral

Código

827007

Créditos

5

Professor responsável

Isabel Craveiro

Horas

Semanais - 9,5

Totais - 40

Idioma de ensino

Inglês e Português

Pré-requisitos

Não se aplica

Bibliografia

• HARTZ, ZMA (2015). Contextualizando a implantação das intervenções e a avaliação em saúde. In I Samico; E Felisberto; PG Frias PG, ACG do Espírito Santo, Z Hartz. Formação Profissional e Avaliação em Saúde Desafios na Implantação de Programas. Rio de Janeiro: Editora MedBook pp 3-20.
• HARTZ Z, REGINA BODSTEIN R E POTVIN l (2014). Porque uma antologia de avaliação em promoção da saúde. Introdução. In Zulmira Hartz, Regina Bodstein e Louise Potvin. Avaliação em Promoção da Saúde: Uma antologia comentada da parceria entre o Brasil e a Cátedra de Abordagens.
• Comunitárias e Iniquidades em Saúde (CACIS), da Universidade de Montreal, de 2002 a 2012.
• BROUSSELLE A, CHAMPAGNE F, CONTANDRIOPOULOS A-P e HARTZ ZMA (Org.) (2011).
• Avaliação no campo da Saúde: conceitos e métodos. Rio de Janeiro: Fiocruz, 292p
• CDC-Introduction to Program Evaluation for Public Health Programs: A Self Study Guide. 2011.
• HARTZ Z E PAULO FERRINHO P (2011). Avaliação de desempenho dos sistemas de saúde: um contributo para o Plano Nacional de Saúde 2011-2016 In A Nova Saúde Pública. A Saúde Pública da Era do Conhecimento. Livro de Homenagem a Sakellarides. Lisboa: Editora Gradiva, pp.58-79.
• HARTZ ZMA, FELISBERTO E, VIEIRA DA SILVA LM. (org) (2008) Meta-avaliação da atenção básica à saúde – teoria e prática. Organizado por Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ.
• HARTZ, Z M A; Vieira-da-Silva, L.M. (org) (2005). Avaliação em saúde: dos modelos teóricos à prática na avaliação de programas e sistemas de saúde. Rio de Janeiro: Ed.Fiocruz.

Método de ensino

Unidade curricular em b-learning com atividades didáticas individuais e em grupos, apoiadas na bibliografia previamente distribuída, encorajando-se a auto aprendizagem e um senso crítico que facilitem a aquisição das competências desejadas.
Ao final de cada Módulo, o aluno será avaliado nas atividades previstas:
- Realização das Tarefas com envio de arquivo e trabalho final
- Participação em fóruns de discussão ou comunidades de práticas e webminários

Método de avaliação

O cumprimento das atividades dentro do prazo estabelecido demonstra seu grau de organização e, em última instância, o interesse e disponibilidade no processo de aprendizagem. Portanto, esse será um requisito observado no processo de avaliação. A média final será calculada através de média aritmética ponderada, considerando os pesos atribuídos da Avaliação Final dos Módulos e da Avaliação do Trabalho Final.

Conteúdo

I. Conceitos e métodos de avaliação:
Conceitos, caracterização e contextualização das intervenções em saúde.
Tipos de avaliação normativa e pesquisa avaliativa. Conceito e parâmetros de meta-avaliação.
II. Etapas da Avaliação I:
Identificação e envolvimento dos interessados na avaliação.
Representação lógica dos componentes do programa.
Procedimentos na identificação e seleção das perguntas avaliativas.
Importância de orientar a avaliação aos principais usuários.
III. Etapas da Avaliação II:
Métodos e técnicas de colheita e análise de dados.
Plano de avaliação.
Julgamento devalor do programa.
Disseminação e uso das lições aprendidas.
VI. Prática profissional em avaliação:
Cultura de avaliação ou “mainstreaming evaluation”.
Os papéis dos avaliadores internos e externos.
Competências do avaliador.
Dificuldades éticas encontradas no processo de avaliação.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: