Desenvolvimento comunitário

Objectivos

A saúde das pessoas é uma das primeiras preocupações e requisitos do desenvolvimento comunitário (DC): porque as condições para uma vida saudável (tais como água potável) estão fora do controlo do indivíduo; é porque pessoas saudáveis são um pré-requisito para o desempenho adequado das tarefas do desenvolvimento. Os serviços de saúde comunitáriasão as instituições criadas para garantir a saúde da comunidade. O reforço da saúde comunitária depende da capacidade da população local para gerir o seu ecossistema. Por isso, o sucesso dos projetos de saúde comunitária depende da sua integração num plano de DC. Os objetivos de aprendizagem incluem:
1. Conhecer as principais perspetivas teóricas dos conceitos de Comunidade, Desenvolvimento e de DC.
2. Descrever os fundamentos conceptuais e metodológicos básicos dos Programas de DC (PDC).
3. Confrontar com a prática da Saúde Pública e dos Cuidados Saúde Primários Orientados para a Comunidade (CSPOC).
4. Identificar a importância das estratégias de DC na resposta a situações de crise e incerteza em saúde.

Caracterização geral

Código

827013

Créditos

5

Professor responsável

Paulo Ferrinho

Horas

Semanais - Se a UC for oferecida como opcional, o horário será disponibilizado no 2º semestre

Totais - 40

Idioma de ensino

Inglês e Português

Pré-requisitos

Não se aplica

Bibliografia

• Amaro RR. Desenvolvimento — um conceito ultrapassado ou em renovação? Da teoria à prática e da prática à teoria. Cad Estud Afr 2003; 35–70.
• Bispo Júnior JP, Morais MB. Participação comunitária no enfrentamento da COVID-19: entre o utilitarismo e a justiça social. Cad Saúde Pública. 2020;36.
• Campfens H (editor). Community Development Around the World. Practice, theory, research, training. University of Toronto Press, Toronto, 2011.
• Carmo H. A actualidade do desenvolvimento comunitário como estratégia de intervenção social. Universidade Aberta, Centro de Estudos das Migrações e Relações Interculturais (CEMRI) e ISCSP/UTL. In Actas da 1ª conferência sobre desenvolvimento comunnitário e saúde mental, ISPA, 2001
• DeSalvo KB. Public Health 3.0: A Call to Action for Public Health to Meet the Challenges of the 21st Century. Prev Chronic Dis; 14. Epub ahead of print 2017. DOI: 10.5888/pcd14.170017.
• Ferrinho H. Towards a theory of community development. Juta and Company Limited, Cape Town, 1981.
• Green GP and Haines A. Asset building community development. Sage Publications, Inc, United States of America, 2012.
• Michailof S, Bonnel A. A nossa casa arde a sul. Para que serve a ajuda ao desenvolvimento? Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, 2012.
• Minkler M. Community organizing and community building for health and welfare. Rutgers University Press, United States of America, 2012.
• Murphy FG. Community engagement, organization and development for public health practice. Springer Publishing company, New York, 2013.
• Silva MM da. Oportunidade do Desenvolvimento Comunitário em Portugal. Análise Soc 1964; 498–510.
• Tuchinsky TH, Varavikova EA. What is the “New Public Health”? Public Health Reviews 2010; 32: 25-33.

Método de ensino

Na introdução, propõe-se para esta UC o recurso à combinação de sessões teóricas participativas, recorrendo à experiência dos estudantes e docentes e à discussão crítica de estudos de casos. O enquadramento concetual será debatido em aula, com recurso a bibliografia específica, proporcionando a desconstrução teórica para melhor mobilização da mesma.
Para elaborar o trabalho prático, o estudante será apoiado pelo docente da UC. Os estudantes poder-se-ão reunir com os colegas para partilha de aprendizagens.

Método de avaliação

A avaliação da aprendizagem será realizada através da apresentação e discussão do trabalho prático, de uma breve reflexão crítica sobre o conteúdo da UC e sua utilidade, e de uma avaliação contínua por parte do docente da UC.

Conteúdo

Os conteúdos programáticos estão divididos em dois: um introdutório, teórico-prático (1 ECTS) e outro de um projecto comunitário. A introdução teórico-prática incide sobre:
I. Conceitos de comunidade, Desenvolvimento, Desenvolvimento Comunitário, Saúde Pública, de Cuidados de Saúde Primários e de CSPOC.
II. O processo de desenho e operacionalização de um programa de desenvolvimento comunitário.
III. Abordagens ao DC em diversos países do Mundo.
IV. Análises de contexto com vista à identificação a importância de programas de desenvolvimento comunitário na resposta a situações de crise e incerteza em saúde.
Caracterização do trabalho prático:
Com base nos conceitos abordados na fase teórica, os alunos serão desafiados a desenhar um programa de desenvolvimento comunitário, partindo de uma realidade comunitária que conheçam ou tenham vivido no passado. Será possível também fazer uma análise crítica retrospetiva de um projeto de desenvolvimento comunitário em que tenham estado envolvidos. No âmago do programa a elaborar ou a analisar deverão estar problemáticas relevantes relacionadas com a saúde da comunidade em questão.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: