Mestrado em Biologia Computacional e Bioinformática

Objetivos educativos

O Mestrado em Biologia Computacional e Bioinformática pretende formar profissionais com competências sólidas em áreas de interface entre a Informática e as Ciências da Vida desenvolvendo especificamente aptidões nas áreas da simulação/modelação de bio-sistemas e da análise de dados biológicos. Adicionalmente, os estudantes terão também uma formação sólida em programação, métodos de inteligência artificial e ciência de dados, que lhes possibilitará aplicar estas metodologias em diferentes áreas.

No 2º ano do Mestrado em Biologia Computacional e Bioinformática, os alunos poderão integrar grupos de investigação de qualquer das instituições associadas ou outras no País ou no Estrangeiro, ou ainda numa empresa, para elaborarem a Dissertação de Mestrado.

Caracterização geral

Código DGES

MBCBI

Ciclo

Mestrado (2.º Ciclo)

Grau

Mestre

Acesso a outros cursos

O Mestrado em Biologia Computacional e Bioinformática
visa fornecer habilidades sólidas na coleta de novos conhecimentos biomédicos por meio de abordagens computacionais.

Tais habilidades são indispensáveis para trazer inovação em diferentes áreas da Biomedicina,
como descoberta de medicamentos, otimização de esquemas de tratamento ou medicina personalizada,
e auxiliar na concepção e otimização de processos biotecnológicos.

Os graduados podem seguir carreiras nas áreas de educação e pesquisa e desenvolvimento (P&D)
em indústrias de serviços nacionais ou europeias.

Coordenador

Profª Isabel Rocha / Profª Paula Gonçalves

Data de abertura

A ser disponibilizado brevemente

Número de vagas

- N.º de Vagas: 40 no total
O número de vagas e condições de acesso são divulgados no sítio da internet oficial do Mestrado em www.unl.pt/ComputationalBiology.

Propinas

1.500€/anual
7.000€/anual-International students

Horários

A ser disponibilizado brevemente

Idioma de ensino

A disponibilizar brevemente

Requisitos para obtenção do grau ou diploma

Consultar a página: http://masters.unl.pt/computationalbiology/curricular-structure/

O ciclo de estudos conducente ao grau de mestre em Biologia Computacional e Bioinformática tem um total de 120 ECTS e uma duração de quatro semestres curriculares de trabalho dos alunos. Este ciclo de estudos é dividido entre uma componente lectiva a que correspondem 60 ECTS, e uma Dissertação de natureza científica, original e especificamente realizada para este fim, a que correspondem 60 ECTS.

O ciclo de estudos compreende dois ramos de especialização, “Simulação de Biosistemas para as Ciências da Vida e da Saúde” e “Multi-ómicas para as Ciências da Vida e da Saúde”.

Os estudantes escolherão no final do 1º semestre o ramo que pretendem frequentar, sendo que nenhum dos ramos poderá ficar com menos de 40% do total dos estudantes matriculados. No caso de as preferências dos estudantes não permitirem cumprir este rácio, a atribuição dos ramos será feita de acordo com a média das classificações obtidas no primeiro semestre.

A estrutura curricular, plano de estudos e créditos do curso de Mestrado constam dos Quadros 1 a 5.

Aos estudantes que não realizarem a dissertação mas que completarem com aproveitamento a parte letiva do curso correspondente ao 1º e 2º semestres será emitido um diploma de Pós-Graduação em Biologia Computacional e Bioinformática, concedido em conjunto pelas cinco Unidades Orgânicas.

Condições de acesso

Podem candidatar-se ao ciclo de estudos conducente ao grau de mestre em Biologia Computacional e Bioinformática:
a) Titulares do grau de licenciado, mestrado, mestrado integrado ou equivalente legal em Biologia, Bioquímica, Química, Engenharia Química, Engenharia Biológica, Engenharia Biomédica ou áreas afins; a admissão de candidatos titulares de licenciaturas em Matemática, Informática ou áreas afins está sujeita a aprovação pela Comissão Científica do Mestrado e à eventual frequência de Unidades Curriculares para além das estabelecidas no plano curricular;
b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo, nas áreas científicas referidas em a);
c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro nas áreas científicas referidas em a), que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo Conselho Científico da Unidade Orgânica Coordenadora;
d) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional nas áreas científicas referidas em a), que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Unidade Orgânica Coordenadora, por proposta da Comissão Científica do Mestrado em Biologia Computacional e Bioinformática.

Regras de avaliação

A avaliação terá em conta duas componentes:
1) Apresentações individuais ou em grupo e discussão de artigos.
2) Trabalho escrito individual.

Estrutura

A disponibilizar brevemente