Metodologia de Trabalho de Campo

Objectivos

  1. Obter um conhecimento geral e atualizado sobre os métodos de prospeção territorial e monográfica, sobre os princípios metodológicos de escavação arqueológica.
  2. Iniciar-se no conhecimento das várias formas de modelação da paisagem e de exploração do território pelas várias comunidades humanas ao longo dos vários períodos do passado.
  3. Obter os conhecimentos básicos sobre as problemáticas da estratigrafia em Arqueologia.
  4. Obter os conhecimentos teóricos elementares sobre as diversas problemáticas colocadas pela variabilidade de contextos arqueológicos presentes em escavação e seu enquadramento físico específico (sequências longas, ambientes funerários, arqueologia da arquitetura, ambientes húmidos e ambientes secos extremos).
  5. Adquirir os conhecimentos teóricos sobre técnicas de campo na recolha de amostragens que possibilitem a sua posterior aplicação prática no âmbito das datações absolutas, estudos arqueométricos ou paleoambientais.

Caracterização geral

Código

02107812

Créditos

10.0

Professor responsável

Sara Maria Sena Esteves Prata

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - 280

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

Bicho, N. F., Manual de Arqueologia Pré-Histórica, Lisboa, Edições 70, 2006.
AAVV, Almadan, II Série, n.º 5, A Arqueologia e as outras ciências, Almada, Centro de Arqueologia de Almada, 1996.
Harris, E.C., Princípios de Estratigrafía Arqueológica, Barcelona, Crítica, Colección Crítica Arqueologia, 1993.
Renfrew, C. e Bahn, P., Arqueology: Theories, Methods and Practice, Londres,Thames and Hudson,1991
Barker, P., Techniques of archaeological excavation (2ª Ed.), Londres, Batsford, 1982.

Método de ensino

Aulas teóricas acompanhadas por informação audiovisual. Aulas práticas com manuseamento de instrumentos e de informação geográfica e arqueológica. Visitas de estudo a museus e a sítios arqueológicos.

Método de avaliação

Método de Avaliação - Relatório de seminário ou visita de estudo(100%)

Conteúdo

  1. A prospeção arqueológica. O levantamento de um território: fontes documentais, etnográficas, cartográficas, toponímia, deteção remota. Métodos e técnicas de prospeção de campo à escala de um território. A prospeção monográfica: levantamento topográfico, prospeção sistemática de superfície, deteção remota e técnicas de prospeção das Geociências.
  2. Os princípios gerais da estratigrafia arqueológica e a evolução do seu entendimento. A estratigrafia como método de datação relativa e contextual: princípios gerais; tipologia; contextos, frequências e associações.
  3. A escavação arqueológica: as metodologias de escavação arqueológica e seus pressupostos: o grid-method de Wheeler-Kenyon, a escavação por planos pré-definidos, a “open area” de Barker e Harris. Referência ao caso português.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: