Resistência de Materiais I

Objectivos

1. Compreender os conceitos fundamentais de Resistência de Materiais e da teoria das peças lineares (esforço axial e momento fletor), identificando as hipóteses simplificativas subjacentes.

2. Calcular e traçar diagramas de esforços em peças lineares retilíneas (3D) e em cabos (2D).

3. Analisar e calcular o estado de tensão e deformação em peças lineares retilíneas sujeitas a esforço axial e momento fletor.

4. Analisar e calcular deslocamentos/deformações/tensões em estruturas reticuladas isostáticas/hiperestáticas do 1º grau constituídas por materiais elásticos (ou, no caso de esforço axial, por materiais elastoplásticos).

5. Aplicar os conhecimentos adquiridos, integrados com os obtidos em Estática, Mecânica dos Meios Contínuos e Dinâmica dos Corpos Rígidos, à resolução de problemas práticos simples no domínio da Engenharia Civil, analisando/avaliando os resultados e formulando soluções alternativas.

Caracterização geral

Código

10439

Créditos

6.0

Professor responsável

João Carlos Gomes Rocha de Almeida

Horas

Semanais - 4

Totais - 70

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Conhecimentos de Estática e Mecânica dos Meios Contínuos

Bibliografia

Esforços em peças lineares, R. Gonçalves e J. R. Almeida, FCT/UNL, 2010.

Mecânica dos Materiais, A. Portela e A. Silva, Ed. Plátano.

Mecânica e Resistência dos Materiais,V. Dias da Silva, Ed. Zuari.

Mechanics of Materials,J.M. Gere, S.P. Timoshenko, PWS-Kent Publishing Co. 

Mecânica dos Materiais, C. Moura Branco, Fundação Calouste Gulbenkian.

Resistência de Materiais , W. Nash, Ed. McGraw-Hill.

Mecânica dos Materiais, F.P. Beer, E.R. Johnston Jr., J.T. deWolf, Ed. McGraw-Hill.

Método de ensino

Aulas teórico-práticas. Sessões laboratoriais. Problemas online

 

 

Método de avaliação

A avaliação tem duas componentes: teórico-prática (dois testes e/ou exame final) e sumativa (relatórios das sessões de laboratório efetuadas e resolução de exercícios disponibilizados online). A componente sumativa apenas é contabilizada na nota final caso a sua classificação seja superior à da componente teorico-prática.

Serão efetuados dois testes, cada um abrangendo cerca de metade da matéria. Existirá ainda um exame final, abrangendo a totalidade da matéria.

Realizar-se-ão sessões de laboratório, em datas a anunciar. Os respectivos relatórios serão elaborados individualmente, imediatamente após a sessão respetiva. Cada relatório receberá uma classificação entre 0 e 20.

Serão apresentados online vários exercícios neste link. A resposta de cada aluno a esses exercícios será feita também online. Por cada resposta a um dado exercício será enviada uma mensagem confirmando se a resposta está ou não correta. Caso erre, o aluno poderá fazer novas tentativas até obter a solução correta. As respostas aos exercícios deverão ser elaboradas individualmente e entregues em prazos a indicar para cada exercício (cerca de duas a três semanas após o exercício respetivo ser apresentado). Depois dessas datas, não se aceitarão quaisquer respostas. Por cada exercício, o aluno receberá a cotação de 20/n ou de 0 valores, consoante acerte ou não na resposta respetiva (nota= nº de exercícios colocados online).

Para os alunos que optarem pela avaliação por testes, a nota final (NF) será dada por: NF = Máximo[0,5(T1+T2) ; 0,4(T1+T2)+0,1(L+P)], onde T1 e T2 são as notas do primeiro e segundo testes, L é a média das notas dos trabalhos de laboratório e P é a soma das notas dos exercícios online. Serão aprovados os alunos cuja classificação final seja igual ou superior a 9,50 valores. Caso reprovem por testes ou pretendam melhorar a sua classificação, os alunos poderão efetuar o exame final, nos moldes abaixo indicados.

O exame será dividido em duas partes, correspondendo cada parte a cerca de metade da matéria. Aproximadamente a meio da duração do exame, será dada aos alunos a possibilidade de entregarem apenas uma das partes do exame (a 1ª, correspondente ao 1º teste, ou a 2ª, correspondente ao 2º teste), para tentar melhorar a classificação obtida anteriormente num dos testes.

Para os alunos que optarem pela avaliação por exame, a nota final (NF) será dada por: NF = Máximo[EX ; 0,8EX+0,1(L+P)], onde EX é a nota obtida no exame, L é a média das notas dos trabalhos de laboratório e P é a soma das notas dos exercícios online. Serão aprovados os alunos cuja classificação final seja igual ou superior a 9,50 valores. 

É ainda exigido que o número de faltas não justificadas às aulas teorico-práticas não seja superior a 8. O não cumprimento desta condição implica a reprovação na unidade curricular, exceto para alunos que estejam dispensados de frequência de acordo com as normas da FCT/UNL.

Os alunos cuja classificação final seja superior a 16 valores serão convocados para realizar uma prova oral suplementar. Caso não compareçam a essa oral, a sua classificação baixará para 16 valores.

De acordo com o Artigo 10º do Regulamento de Avaliação de Conhecimentos da FCT, quando for comprovada a existência de fraude ou plágio em qualquer dos elementos de avaliação, os alunos diretamente envolvidos serão liminarmente reprovados na unidade curricular. Em caso de dúvida, um aluno poderá ser obrigado a realizar uma nova prova equivalente, escrita ou oral, cujo resultado prevalecerá relativamente a outro anteriormente obtido.

Conteúdo

1. Revisões de estatia. Diagramas de esforços no espaço tridimensional. Cabos: forças concentradas e distribuídas, equilíbrio parabólico e catenário.

2. Esforço axial. Tração/compressão pura. Ensaio de tração de um provete de aço. Concentrações de tensões. Princípio de Saint-Venant. Secções heterogéneas. Variações de temperatura. Energia de deformação. Princípio dos Trabalhos Virtuais. Método da Carga Unitária. Método das Forças (estruturas estaticamente indeterminadas do 1º grau). Ações de impacto. Método dos Deslocamentos (estruturas cinematicamente indeterminadas do 1º grau). Análise elasto-plástica e análise limite de estruturas.

3. Flexão. Flexão pura, desviada e composta. Secções heterogéneas. Materiais sem resistência à tração. Núcleo central. Equação da elástica. Variações de temperatura. Energia de deformação. Princípio dos Trabalhos Virtuais. Método da Carga Unitária. Método das Forças (estruturas estaticamente indeterminadas do 1º grau). Ações de impacto.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: