Política na Sociedade Digital

Objectivos

A Unidade Curricular visa fornecer aos mestrandos os conhecimentos e as competências necessários para uma análise reflexiva e crítica sobre as implicações das tecnologias digitais em domínios de relevância política, como a comunicação, os processos de decisão, as políticas sociais e as formas de organização coletiva.

Caracterização geral

Código

12759

Créditos

6.0

Professor responsável

A disponibilizar brevemente

Horas

Semanais - A disponibilizar brevemente

Totais - A disponibilizar brevemente

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Regras de acesso: a. Titulares do grau de licenciatura do 1º ciclo ou equivalente legal; b. Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo; c. Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciatura pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia; ou d. Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo Conselho Científico da Faculdade de Ciências e Tecnologia.

Bibliografia

Bucher, Taina. 2018. If ... Then: Algorithmic Power and Politics. Oxford, UK: Oxford University Press.

Castells, Manuel. 2012. Networks of Outrage and Hope: Social Movements in the Internet Age. Cambridge: Polity.

Farrell, Henry, and Abraham Newman. Of Privacy and Power: The Transatlantic Struggle over Freedom and Security. Princeton: Princeton University Press.

Hoffman, John, and Paul Graham. 2015. Introduction to Political Theory. London and New York: Routledge.

Jenkins, Henry, Mizuko Itō, and Danah Boyd. 2015. Participatory Culture in a Networked Era. Cambridge: Polity.

Pasquinelli, Matteo. 2008. Animal Spirits: A Bestiary of the Commons. NAi Publishers.

Srnicek, Nick. 2017. Platform Capitalism. Cambridge: Polity.

Tufekci, Zeynep. 2017. Twitter and Tear Gas. New Haven and London: Yale University Press.

Wajcman, Judy. 2006. Technofeminism. Malden, Polity Press.

Método de ensino

As metodologias de ensino são diversificadas e incluem a exposição oral, a análise e discussão de textos e materiais vídeo, o estudo de casos, a pesquisa autónoma.

Método de avaliação

A avaliação basear-se-á na apresentação e discussão oral de um trabalho que diga respeito a um dos conteúdos do programa, a composição de um texto escrito e na participação nos debates em sala de aula.

Conteúdo

Introdução – Abrindo a black box

Poder e democracia ao tempo dos algoritmos

  1. Privacidade e vigilância
  2. Perfilagem, propaganda e representação política
  3. Tecnocracia, peritos e decision making

A economia política das tecnologias digitais

  1. A ideologia da Silicon Valley, cyberlibertarianismo e tecno-optimismo
  2. Capitalismo das plataformas e uberização do trabalho
  3. Desmaterialização e bases materiais da sociedade digital

Governação algorítmica e resistências

  1. Cidadania digital e formas de organização política na Net
  2. Críticas aos enviesamentos digitais: nação, classe, género, raça
  3. Ativismo digital: cultura hacker, código aberto e autogestão

Governar os Algoritmos?

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: