Micropaleontologia

Objetivos

Conhecimento das características taxonómicas e classificação sistemática dos principais grupos de microfósseis marinhos. Contributo de cada grupo de microfósseis para a elaboração de escalas de tempo relativo e para a compreensão das características dos ambientes e da sua evolução no tempo geológico. Importância da micropaleontologia na pesquisa e exploração de recursos naturais.
O aluno deve ser capaz de:
- dominar técnicas de campo e laboratoriais.
- reconhecer as características morfológicas distintivas de cada grupo microfóssil.
- utilizar tratados na classificação taxonómica ao nível de género e espécie.
- determinar a idade ou o paleoambiente pelo estudo de géneros e espécies presentes e respectiva abundância, numa associação de microfósseis.
- elaborar quadros de alta resolução biostratigráfica, paleoecológica e de eventos, com o objectivo de documentar padrões de desenvolvimento de sequências a diversas escalas, tais como os utilizados na pequisa de petróleo e gás.

Caracterização geral

Código

10935

Créditos

6.0

Professor responsável

Paulo Alexandre Rodrigues Roque Legoinha

Horas

Semanais - 3

Totais - 51

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

Howard A. Amstrong & Marin D. Brasier (2005, second edition) - Microfossils. Blackwell Publishing, 296p.

Legoinha, P. (2001) - Biostratigrafia de Foraminíferos do Miocénico de Portugal (Baixo Tejo e Algarve). Dissertação de Doutoramento, Universidade Nova de Lisboa, 241 p., 24 est.

Nascimento, A. (1988) - Ostracodos do Miocénico da bacia do Tejo: sistemática, biostratigrafia, paleoecologia, paleogeografia e relações Mediterrâneo-Atlântico. Dissertação de Doutoramento, Universidade Nova de Lisboa, 305 p.

Murray, J. W. (1991) - Ecology and paleoecology of benthic foraminifera. Longman Scientific & Tecnhical, 397 p.

Websites:
IUGS – International Commission on Stratigraphy: http://www.stratigraphy.org/
Radiolaria – http://www.radiolaria.org/
The International Nannoplankton Association - Higher Classification of calcareous nannofossils: http://www.nhm.ac.uk/hosted_sites/ina/taxcatalog/INTRO.HTM

Método de ensino

Aulas com suporte multimedia e realização de exercícios práticos para aplicação da micropaleontologia em biostratigrafia e interpretação de paleoambientes.

Método de avaliação

Avaliação contínua.
Elaboração de trabalho monográfico (50%)
Apresentação oral sobre tema micropaleontológico (30%)
Portfolio de trabalhos práticos (20%)

Conteúdo

Estudo sistemático dos principais grupos de microfósseis (foraminíferos, ostracodos, nanoplancton calcário, radiolários). Distribuição estratigráfica e ecologia. Importância biostratigráfica (escalas de biozonação) e paleoecológica. Os microfósseis como proxies (indicadores das condições físico-químicas do ambiente e da sua evolução no espaço e no tempo).
Técnicas laboratoriais de amostragem e estudo de microfósseis.
Tópicos de investigação científica em micropaleontologia (estudo de casos, envolvendo estratigrafia sequencial e nomeadamente a definição de limites cronostratigráficos, reconstituições paleogeográficas e paleoceanográficas, e evolução biológica).

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: