Engenharia de Energias Renováveis

Objetivos educativos

O Mestrado em Engenharia de Energias Renováveis visa formar engenheiros capazes de intervir em empreendimentos de energias renováveis, capacitando-os para conceber, projetar, analisar, conduzir e gerir estes empreendimentos, nos seus aspetos técnicos, ambientais e económicos, tanto em ambiente empresarial como de investigação.

As competências proporcionadas dão uma visão alargada da problemática da energia em geral e das renováveis em particular, e uma formação técnica aprofundada de alguns tipos de aproveitamentos.

O curso transmite uma visão orientada principalmente (mas não exclusivamente) para a conversão elétrica, com uma preocupação com os aspetos ambientais e económico-legais associados ao aproveitamento de energias renováveis.

O MEER é lecionado em português. Contudo, alguns docentes poderão, por sua iniciativa, usar o inglês em parte das aulas, ou em acompanhamento tutorial, para benefício de estudantes estrangeiros.

Saídas profissionais

Os Mestres em Engenharia de Energias Renováveis estarão aptos a trabalhar em Empresas de Serviços Energéticos, exercendo atividade como consultores de energias renováveis (efetuando auditorias e análises de eficiência energética e colaborando na avaliação de impacte ambiental), e como projetistas de aproveitamentos solares. Poderão ainda exercer funções profissionais no sector industrial, no sector de serviços, na administração central, regional ou local, entre outros, e ainda desempenhar tarefas de investigação e desenvolvimento (I&D) em sectores como instituições de ensino superior, laboratórios ou indústrias.

Caracterização geral

Código DGES

965

Ciclo

Mestrado (2.º Ciclo)

Grau

Mestre

Acesso a outros cursos

Acesso ao 3.º ciclo

Coordenador

João Miguel Murta Pina

Data de abertura

Setembro

Número de vagas

30

Propinas

(aguardam aprovação)

Estudantes nacionais: 1500 Euros/anual

Estudantes internacionais: 7000 Euros/anual

(Os estudantes de países da CPLP poderão candidatar-se a uma redução de até 50% da propina, mediante a avaliação das seguintes condições:
a) 1º Inscrição: os estudantes devem evidenciar através dos seus certificados académicos que o seu desempenho escolar se situa no primeiro quartil da escala de avaliação utilizada no sistema do seu país ou escola de origem;
b) Inscrições posteriores (independentemente do ano de ingresso): exclusivamente por mérito escolar, isto é, aprovação em todas as UC em que o estudante se inscreveu no ano anterior, perfazendo 60 ECTS em cada ano.)

Horários

Diurno

Idioma de ensino

A disponibilizar brevemente

Requisitos para obtenção do grau ou diploma

Duração: 2 anos

Créditos totais: 120 ECTS

Área científica Sigla Créditos (ECTS)
Obrigatórios Optativos
Engenharia Electrotécnica EEC 12 0
Energias Renováveis ER 78 0

Gestão de Sistemas Ambientais

GSA 9 0
Ciências Humanas e Sociais CHS 6 0
Engenharia Mecânica EMc 6 0
Competências Complementares CC  3 0
Qualquer Área Científica    QAC 0  6 a)
TOTAL 114 6

(a) 6 créditos ECTS em unidades curriculares escolhidas pelo estudante numa lista, aprovada anualmente pelo Conselho Científico da FCT NOVA, que inclui unidades de todas as áreas científicas da FCT NOVA.

Condições de acesso

A disponibilizar brevemente

Regras de avaliação

A avaliação de todas as UC é contínua para todas as componentes que a integrarem, tendo obrigatoriamente de estar concluída até ao último dia do período de aulas do semestre letivo.

A avaliação contínua de uma UC tem de incluir um mínimo de três elementos no conjunto das componentes de avaliação, em datas adequadamente espaçadas ao longo do período de aulas.

Todas as UC com componente de avaliação teórico-prática têm de prever, supletivamente, uma forma de avaliação desta componente por exame, a realizar após o período de aulas (Exame de Recurso).

Todos os requisitos e condições respeitantes à avaliação das UC, nomeadamente os pesos e classificações mínimas, caso existam, de cada componente, bem como as condições de Frequência, são definidas a priori e, obrigatoriamente, publicados na Ficha da Disciplina.  

Para cada UC são admitidas combinações de três componentes de avaliação: (i) Avaliação teórico-prática; (ii) Avaliação laboratorial ou de projeto; (iii) Avaliação sumativa.

A disciplina de Dissertação (ou Projeto) compreende uma discussão pública com Júri, de acordo com lei.

Ver Regulamento de Avaliação de Conhecimentos (Licenciaturas, Mestrados Integrados e Mestrados.)

Estrutura

1.º Semestre
Código Nome ECTS
8854 Bioenergia 6.0
11685 Eletrotecnia e Máquinas Elétricas 6.0
10380 Empreendedorismo 3.0
3679 Energia e Ambiente 6.0
11485 Processos Ambientais 3.0
11686 Turbomáquinas 6.0
2.º Semestre
Código Nome ECTS
11026 Avaliação Ambiental Estratégica e de Projetos 6.0
11247 Gestão da Energia Elétrica 6.0
11688 Processamento e Armazenamento de Energia Elétrica 6.0
11687 Projeto de Instalações Solares e Fotovoltaicas 6.0
2.º Semestre - Unidade Curricular do Bloco Livre
Código Nome ECTS
Opções
11066 Opção(ões) Livre(s) 6.0
2.º Ano
Código Nome ECTS
11804 Dissertação em Engenharia de Energias Renováveis 48.0
3.º Semestre
Código Nome ECTS
11246 Economia das Energias Renováveis 6.0
10769 Política das Energias Renováveis 6.0