Introdução às Ciências da Conservação-Restauro

Objectivos

Esta unidade curricular visa o ensino do método científico e a aplicação de metodologias das ciências exatas e naturais em articulação com as ciências sociais e humanas, na área da conservação e restauro. Estes objectivos capacitam o aluno a melhor compreender as metodologias do estudo dos materiais das obras de arte, a sua degradação e produtos usados em conservação e restauro. Fornece ainda as ferramentas para a tomada de decisão fundamentada em relação ao tipo de iluminação e como pendurar uma obra de arte, entre outros exemplos. 

O programa incentiva o aluno a aprender como definir a melhor metodologia de análise de estudos de caso e a perceber a importância das ciências da conservação na resolução de problemas colocados pelo Património Cultural. Procura ainda fomentar algumas das competências relevantes para a atividade profissional, seja a capacidade de participar de forma criativa em equipas de trabalho multiprofissional; desenvolver espírito crítico; diálogo e comunicação.

Caracterização geral

Código

12034

Créditos

6.0

Professor responsável

Márcia Gomes Vilarigues, Susana Catarina Dias França de Sá

Horas

Semanais - 5

Totais - 77

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

A disponibilizar brevemente

Bibliografia

ICCROM. (2013). Forum on Conservation Science, Rome, 16–18 October 2013.

May, E. & Jones, M. (eds). (2006). Conservation Science: Heritage Materials. Cambridge: The Royal Society of Chemistry.

Artioli, G., & Angelini, I. (2010). Scientific methods and cultural heritage: an introduction to the application of materials science to archaeometry and conservation science. Oxford University Press.

Varella, E. A. (Ed.). (2012). Conservation science for the cultural heritage: applications of instrumental analysis (Vol. 79). Springer Science & Business Media.

Mais bibliografia será disponibilizada durante as aulas, na página moodle da UC

Método de ensino

Para a concretização destes objetivos de aprendizagem, a UC opera sob a forma de aulas teórico-práticas com apresentação dos conceitos teóricos, exercícios, estudos de caso e demonstrações laboratoriais.

Método de avaliação

Esta UC tem frequência, ou seja, um conjunto de critérios para ter aprovação à UC

- nota mínima 9,5 valores na média dos testes;

- ter feito pelo menos um questionário.

 

Relatório comentado: data de entrega a definir (não se aceitam entregas de relatórios com mais do que 3 dias de atraso e até aos 3 dias, cada dia de atraso corresponde a uma penalização de 0,5 valores)


Avaliação

Avaliação Teórica (60% NTotal) – 2 Testes + 1 relatório comentado (1000 palavras)

Avaliação Teórico-Prática (40% NTotal) – 4 elementos: 2 Apresentações (20% NTotal) + 2 Questionários (20% NTotal)

A nota final é calculada com a seguinte fórmula: Nota Final = 0,60 * NT + 0,40 * NTP


O exame de recurso substitui apenas a nota da componente teórica (NT)

 

Na realização de qualquer prova, devem ainda ter em consideração o disposto no nº3 do artigo 10º do Regulamento de Avaliação da FCT NOVA, “Quando for comprovada a existência de fraude ou plágio, em qualquer dos elementos de avaliação de uma UC, os estudantes diretamente envolvidos são liminarmente reprovados na UC, (…).”

Conteúdo

Esta unidade curricular abrange os seguintes tópicos:
• O que são as Ciências da Conservação - sua importância para a preservação do património
• Propriedades mecânicas dos materiais
• Elasticidade e resistência dos materiais
• Propriedades térmicas dos materiais
• Degradação dos materiais
• Luz e cor
• Interação da radiação com a matéria
• Introdução às espectroscopias no estudo do património cultural
• Avaliação de tratamentos e medidas de conservação preventiva e ativa
• Sustentabilidade da conservação
• Tecnologias digitais e conservação
• A conservação da ciência
• O papel da ciência da conservação na preservação da história do conhecimento

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: