Música e Desenvolvimento Social e Humano

Objetivos

A unidade curricular de Música e Desenvolvimento Social e Humano visa:

1. Adquirir conhecimentos relativos a propostas teóricas sobre o desenvolvimento musical na infância;

2. Compreender a relação entre música e linguagem na infância;

3. Desenvolver a capacidade de análise de vocalizações produzidas em contexto de prática musical;

4. Adquirir competências relevantes para a intervenção musical com crianças com necessidades educativas especiais.

Caracterização geral

Código

02102690

Créditos

10.0

Professor responsável

Mariana Barreiros Vences

Horas

Semanais - 3

Totais - 280

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não aplicável.

Bibliografia

Deliége, I. & Sloboda, J. (Eds.) (1996). Musical Beginnings: Origins and Development of Musical Competence. Oxford University Press.
Reigado, J. (2013). Desenvolvimento vocal na infância: análise acústica de vocalizações de bebés face a estímulos musicais e linguísticos durante o segundo ano de vida. Tese de Doutoramento em Ciências Musicais (orientação da Professora Helena Rodrigues). NOVA FCSH.
Reigado, J. & Rodrigues, H. (2018). Vocalizations produced in the second year of life in response to speaking and singing. Psychology of Music, 46 (5), 626-637.
Rodrigues, H. & Reigado, J. (2016). Voz cantada e voz falada no germinar da comunicação humana: Estudo sobre vocalizações de bebés no segundo ano de vida.  In Ecos de Opus Tutti - Arte para a Infância e Desenvolvimento Social e Humano, pp. 187 - 215. FCG.
Trehub, S. E., & Gudmundsdottir, H. R. (2015). Mothers as singing mentors for infants. In G. F. Welch, D. M. Howard, & J. Nix (Eds.), The Oxford handbook of singing. Oxford Uni Pr.

Método de ensino

Aulas teórico-práticas. Pretende-se dotar os estudantes de conhecimentos gerais sobre o desenvolvimento psicológico na infância e conhecimentos específicos sobre o desenvolvimento musical dos 0 aos 5 anos de idade. Serão também propostas atividades práticas e dinâmicas de grupo. A observação de vídeos relativos a intervenções musicais na infância pretende desenvolver nos estudantes a capacidade de escuta e de análise de vocalizações em especial na primeira infância. A construção de uma intervenção musical inclusiva permitirá ainda sedimentar conhecimentos específicos e refletir sobre práticas pedagógicas adequadas.

Método de avaliação

Método de Avaliação


 


Realização de uma sessão musical inclusiva. - 50.0%


Análise crítica dos elementos bibliográficos indicados. - 50.0%

Conteúdo

I. Desenvolvimento Musical na Infância


Origens biológicas e culturais da musicalidade infantil;
Propostas teóricas: Apresentação, discussão e comparação.



II. Música, Cognição e Linguagem


Perceção de elementos da fala e da música na infância;
Desenvolvimento musical e da fala.



III. Uso da voz na infância


Características das primeiras vocalizações;
Análise de vocalizações musicais infantis.



IV. Intervenção musical inclusiva


Intervenção musical que permita responder à diversidade das necessidades e potencialidades de todos e de cada um dos alunos;
Exemplos práticos de intervenção musical inclusiva.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: