Análise e Produção de Materiais Didáticos

Objetivos

a) Discutir conceitos relevantes no ensino do português como língua não materna;

b) Refletir sobre as características da aprendizagem/aquisição de uma língua não materna;

c) Refletir sobre a importância dos materiais didáticos no ensino das línguas;

d) Analisar o QECR e documentos orientadores para o ensino do português como língua não materna;

e) Discutir modelos e critérios de análise de materiais didáticos;

f) Analisar criticamente materiais didáticos que, nas últimas décadas, têm sido utilizados no ensino do português como língua não materna;

g) Dotar os estudantes de conhecimentos e de instrumentos que lhes permitam avaliar e selecionar materiais didáticos adequados ao tipo de aquisição, ao contexto de aprendizagem, ao nível de proficiência e ao perfil e necessidades do público-alvo;

h) Refletir aspetos a considerar na produção de materiais didáticos para o ensino do português como língua não materna e fomentar a sua produção.

Caracterização geral

Código

722091055

Créditos

10.0

Professor responsável

Maria Leonor Santa Bárbara de Carvalho

Horas

Semanais - 3

Totais - 280

Idioma de ensino

Português

Pré-requisitos

Não se aplica

Bibliografia

Aran, P. A. (2001). Materiales curriculares: cómo elaborarlos, seleccionarlos y usarlos (4.ª ed.). Barcelona: Ed. Graó.
Aran, P. A. (2001). ¿Servir al material o servirse del material? Evaluar los materiales curriculares para mejorar su uso. Kikiriki. Cooperación Educativa, 61, 44-49.
Camões, I.P. (2017). Referencial Camões PLE – Português Língua Estrangeira. Lisboa: Camões, I.P.
Conselho da Europa (2001). Quadro Europeu Comum de Referência para as línguas – aprendizagem, ensino, avaliação. Porto: ASA.
Fernández, S. (2011). Nuevos desarrollos y propuestas curriculares. Programas a partir del MCER. MarcoELE. Revista de Didáctica Español Lengua Extranjera, 12, 3-64.
Grosso, M. J. e Rubens, L. S. (2020). Português para falantes de outras línguas. Lisboa: Lidel.
Tavares, A. (2008). Ensino/Aprendizagem do português como língua estrangeira. Manuais de iniciação. Lisboa: Lidel.
Tomlinson, B. (2012). Materials development for language learning and teaching. Language Teaching, Vol. 45, 143-179.

Método de ensino

A disciplina está organizada em regime de Seminário, com sessões moderadas pela docente, centradas na apresentação e discussão de leituras preparadas pelos estudantes e na análise de materiais didáticos para o ensino do português como língua não materna.

Método de avaliação

Métodos de Avaliação - Assiduidade(10%), Intervenções em aula (45%), Trabalho Escrito (45%)

Conteúdo

1. Abrangência do conceito “português língua não materna”;

2. Aprendizagem/aquisição de uma língua não materna;

3. Papel e importância dos materiais didáticos no ensino das línguas;

4. QECR e documentos orientadores e de referência para o ensino do português como língua não materna;

5. Modelos e critérios de análise de materiais didáticos;

6. Análise de materiais didáticos produzidos para o ensino do português língua não materna;

7. Aspetos a considerar na produção de materiais didáticos para o ensino do português como língua não materna;

8. Produção de materiais didáticos para o ensino do português como língua não materna.

Cursos

Cursos onde a unidade curricular é leccionada: